O VERGONHOSO PLC 113/2012 FOI APROVADO, COMO PREVISTO.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O dia em que o mundo não acabou, mas o prefeito e  vereadores acabaram com a Barra da Tijuca, Jacarepaguá, a APA Marapendi e as habitações na Zona Portuária.  Reflexos serão para todo o Rio de Janeiro.
(nota acrescentada em 21/12/2102)


Internet

Às 22h de hoje foi aprovado o pernicioso Pacote Olímpico 2 – primeira parte. Depois virá mais. Este foi o Projeto de Lei Complementar PLC 113/2012: Campo de Golfe, mudança nas CEPACs da Zona Portuária que prejudica os projetos para habitação, área pública doada ao município passada para o dono do futuro campo…

O Blog acompanhou o teatro pela televisão e sentiu vergonha sem fim… Foram 30 votos favoráveis e 10 contrários

Tudo estava previamente combinado. Andréa Gouvea Vieira e Sonia Rabello pediram adiamento. Não conseguiram. A gangue votou contra. Emendas apresentadas no mesmo dia para aumentar ainda mais área de construção – e gabaritos -, perdoar impostos devidos e garantir isenções futuras, foram votadas em bloco e aprovadas.

Incrédulo, o Blog Urbe CaRioca compartilha com os leitores seu luto, pesar e vergonha, e reproduz trecho de um dos pronunciamentos da vereadora de Sonia Rabello, da maior importância.


Nota acrescentada em 21/12/2012:
Desta vez o jornal foi rápido e eficiente – matéria detalhada publicada imediatamente. As tais emendas, de fato, trazem mais benesses ainda para os privilegiados. Desprezível. Caso sejam vetadas, no entanto, em nada diminuem o escárnio que é a proposta do PLC 113. Será apenas igual à piada que “põe o bode na sala” e depois o retira.



Internet

Trecho de um pronunciamento de Sonia Rabello, vereadora que, infelizmente, não continuará na Câmara.
É preciso, para mudar o Parlamento, a sociedade acreditar. É preciso juntar a Friedenreich com a Praça Maurício Cardoso; juntar a Praça Maurício Cardoso com o pessoal da Ilha de Bom Jesus, que está lutando contra o desmatamento, já feito, de quinhentos e sessenta e cinco árvores, na Ilha de Bom Jesus.

Tudo é destruído! A escola! O Hospital Francisco de Assis, caindo aos pedaços! E nada! A demolição do IASERJ no chão! E nada! A APA de Marapendi! E nada!

E atenção! Hoje, às 18:05h, vai ser colocado – não está escrito, mas vai ser -, a votação do Projeto de Lei Complementar nº 113/2012. O Projeto de Lei Complementar nº 113/2012, que vai ser votado hoje, vai destruir a Lagoa de Jacarepaguá daqui a dois anos! Vai destruir a APA de Marapendi, daqui a dois anos!
As coisas que se passam aqui, em Plenário, são para fazer efeito daqui a dois anos, três anos. Como a atribuição de índices construtivos no PEU das Vargens! O Plano da Copa!

Hoje se reclama do paredão das Trump Towers, Mas essa lei foi votada em 2009! Onde estavam as pessoas, que não viram que os gabaritos estavam sendo aumentados?! Hoje, o gabarito da Península do ex-Autódromo vai subir de dezoito para vinte e dois andares, e não vai diminuir o número de prédios. É uma manobra, leiam a lei!

Vai mudar a vinculação dos CEPAC’s! As áreas do Porto! E nada se fala! Tudo é construído um, dois anos antes pela lei, aqui dentro! É preciso acreditar que os parlamentares aqui são responsáveis. Não adianta dizer – a meu ver – que eles são da base, ou não são da base; eles são pessoas responsáveis pelos botões que apertam.


Revista Veja





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *