CORA, CARNAVAL E VELÓDROMO

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

CrôniCaRioca



VELÓDROMO DO RIO
Lockring
 

Talvez Cora Rónai nem saiba que várias de suas crônicas semanais sejam legítimas CrôniCaRiocas. Por exemplo, a de ontem, SALDO DA SEMANA’, com link no título para quem quiser ler na íntegra.

Além de resumo preciso sobre a situação em que a cidade ficou durante o Carnaval – também mencionada aqui no post CARNAVAL, METRÔ, PERIGOSA DESORDEM URBANO-CARIOCA, exatamente o que Urbanildo Barbosa temia -, o texto de Cora trouxe outro assunto que é caro a este blog: o caso do Velódromo do Rio.
 
 
VELÓDROMO DO RIO e CENTRO DE TREINAMENTO
DE GINÁSTICA OLÍMPICA
Globo on line
A alegria da cronista ao visitar o Velódromo do Rio e o Centro de Treinamento de Ginástica Olímpica – retratada em junho do ano passado e repetida no texto de ontem -, foi substituída pelo espanto com a desativação dos equipamentos.
A mesma indignação que transparece em suas palavras foi exposta aqui em três ocasiões, tentativas de mostrar mais um episódio de descaso com o dinheiro público na Cidade do Rio de Janeiro, desta vez com a demolição de um equipamento urbano novo e que serviu aos Jogos Pan-americanos 2007.

Disse a cronista “gostaria muito que alguém me explicasse o que mudou tão radicalmente de lá para cá, para o que era motivo de orgulho em junho tenha se tornado estorvo em fevereiro”.

Temo que a resposta não chegará.

Na ocasião houve informações contraditórias e pouco consistentes. Com a reação da sociedade – igualmente espantada – e a proximidade das eleições, o assunto ficou em banho-maria e foi até negado. Como era de se esperar, mal passado o pleito, a decisão de pôr o equipamento abaixo foi confirmada.

À Cora Rónai e aos novos leitores do Blog Urbe CaRioca, seguem os links para os citados posts sobre o Velódromo:

Em seguida, no post DIVERSOS – 09/8/2012, comentamos a afirmação do Prefeito de que não mais iria demolir o Velódromo. Bem… Faltava pouco para a eleição…

 

A quem interessar, ficam as análises apenas para registro porque as barbaridades legislativo-urbano-cariocas dos últimos tempos, e as inúmeras decisões estranhas que usam como pano de fundo os grandes eventos que a cidade vai receber, indicam que, infelizmente, nada vai mudar.


Ou, se mudar poderá ser para pior: a lei que permite mutilar a APA Marapendi em função de um campo de golfe mal explicado já foi aprovada, e outra com mais “Benesses Urbanísticas para a Barra da Tijuca” está a caminho.
 



APA Marapendi
Rico Surf / P-Reserva
Como dizem que o ano começa após o Carnaval, 2013 começará na segunda-feira.


Sem horário de verão e com a volta da Câmara de Vereadores às atividades pós-recesso, mais virá. Inclusive o PEU Guaratiba.

Aguardemos novas crônicas urbano-cariocas certeiras, da Cora.

 
***
 


NOTA: Outras notícias veiculadas na imprensa.

Maioria dos leitores não quer demolição do Velódromo (Jornal O Globo 19/11/2012)

 
 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *