NOTÍCIAS – 05/09/2013: Guaratiba, BRS, Zona Portuária, Santa Teresa e Deodoro

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O noticiário local televisivo do último dia 24/08 trouxe vários temas que têm sido tratados neste blog: o anúncio de um pacote de urbanização para Guaratiba; o aviso de que um novo BRS – Bus Rapid Transport – seria implantado a partir do dia 26/08/2013; as novas alterações no trânsito da Zona Portuária; e os dois anos desde O trágico acidente com o bonde de Santa Teresa. Mais: a polêmica sobre a construção de um Autódromo em Deodoro, continua.

Entendemos ser de interesse comentar as notícias, cujas imagens e reportagens estão nos links dos títulos respectivos que remetem aos vídeos e às informações on line. São cinco assuntos.


URBE CARIOCA


Guaratiba precisa de cuidados do mesmo modo de muitos outros bairros do Rio não agraciados com o ‘tudo prá Olimpíada’. Área frágil sujeita a alagamentos – vide enchentes constantes e o Lamaçal do Papa – já se mostrou inadequada à ocupação urbana. Muitos loteamentos populares aprovados há mais de meio século estão “no papel”. Não implantados nos prazos da lei, caducaram. A não ser que tenham sido revalidados por alguma caneta mágica. Resgatá-los será um retrocesso. O “Minha Casa Minha Vida”, programa genérico do Governo Federal do qual o prefeito lembrou-se ao fazer espetacular Brainstorm, não considera as peculiaridades de cada região. Arquitetos e urbanistas condenam o formato.

Um pacote de urbanização para Guaratiba deve voltar-se para locais de ocupação consolidada fora de áreas de risco e lugares onde a preservação ambiental é a proposta mais adequada, indicada que está nas leis urbanísticas há décadas, muito antes de os preceitos sobre ecologia serem difundidos mundo afora. Vale lembrar a frase famosa de Mies Van der Rohe: Menos é Mais. Deixem Guaratiba em paz.


Na cor verde claro o que falta
construir da Linha 2 = novo BRS

O trajeto escolhido – Estácio/Carioca – é exatamente o que corresponde ao trecho de Metrô da Linha 2 não concluído até a segunda plataforma da Estação Carioca. Como já foi explicado pelo Blog Metrô do Rio (não oficial) e mencionado diversas vezes aqui no Urbe CaRioca, a decisão de ligar os trens do metrô da Linha 2 à Linha 1, transformou o transporte metroviário do Rio de Janeiro em um “linhão” sobrecarregado. Não bastando, o Metrô-Tripa mais comprido ficará com o prolongamento da Linha 1 até a Estação Gávea erroneamente chamado de Linha 4. Infelizmente abandona-se a possibilidade de dar início a uma rede efetiva, substituindo-a por linhas de ônibus apelidadas de “Metrô na Superfície”.




A cada notícia sobre a Zona Portuária, especialmente sobre trânsito, é impossível não recordar a ausência do Metrô. Enquanto a Zona Sul foi inexplicavelmente escolhida como prioridade para implantação da Linha 1 (que não é a Linha 4 verdadeira), a região do Porto é totalmente remodelada, cavada, esburacada, fazem túneis a torto e a direito, descartando-se o Metrô,caminho para a Rodoviária, aeroportos e Região Metropolitana.
Oportunidade perdida. Mentes pequenas. Mentem. Que pena.




Hotelier News

Dispensa comentários. Só tristeza. O bonde é a alma de Santa Teresa. O descaso levou muitas almas. Dizem que novos bondes estão chegando… Se for para esperar o mesmo que demoraram os trens chineses do Metrô e que ainda chegaram com medidas erradas – exigiram reforma das plataformas – o bairro ainda dependerá dos ônibus-tampão durante anos.  O Secretário Estadual de Transportes está sumido. Moradores e turistas, sem os bondes.



Terreno do Autódromo onde será construído o Parque Olímpico

Destruído o Autódromo de Jacarepaguá para que o terreno sirva ao mercado imobiliário – Ah! Também servirá aos Jogos Olímpicos durante algumas semanas– o noticiário mostra que o imbrógliocontinua. As pistas devem ser transferidas para local que tem mais jeito de parque, com vegetação ainda abundante, em região carente de áreas verdes, no bairro de Deodoro. A decisão gerou polêmica. Os links para algumas informações divulgadas pela imprensa e para as análises da professora e jurista Sonia Rabello estão abaixo.

NOTA ACRESCENTADA EM 06/09/2013
Íntegra do Acórdão do TJ-RJ que suspendeu o processo de licenciamento ambiental do novo autódromo do Rio.


tracksforum.createforumhosting.com

21/08/2013 – SONIA RABELLO – MANTIDA A SUSPENSÃO DAS OBRAS DO NOVO AUTÓDROMO
CONSULTA PROCESSUAL EM 05/09/2013 – ÚLTIMO MOVIMENTO 30/08/2013

  1. A memória de algumas pessoas é muito curta. Ou inexistente mesmo. Como vai ficar a APA Gereicinó Mendanha ? Afinal dão 5 municípios circunvizinhos a esse Maciço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *