SEMANA 03/03/2014 a 07/03/2014 – GUARATIBA, HOTÉIS E QUARTOS OLÍMPICOS, E UM PASSEIO ARQUITETÔNICO-URBANÍSTICO EM ALAGOAS

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page


“Querer eternizar os usos como as bondosas leis previram, sabe-se que é inviável, uma obrigação sobre a qual é impossível haver controle. ‘No popular’ é ‘conversa para boi dormir’.

Trecho de MAIS SOBRE HOTÉIS E QUARTOS A MAIS

 

 

Publicações da semana que passou e textos mais lidos
Os posts imediatamente anteriores – com a marchinha sobre o incrível sumiço de vigas de aço da finada Perimetral, que continuam desaparecidas; artigo de Pedro da Luz sobre Guaratiba; novas considerações sobre o número de hotéis e respectivos quartos olímpicos; e as jóias arquitetônico-urbanísticas do sertão de Alagoas visitadas por Aílton Mascarenhas.
NOTA – Além de receber os links para as postagens por e-mail (v. “Follow by e-mail“), também é possível conhecer os textos e artigos do blog através da rede social Facebook: basta ‘curtir’ a página de mesmo nome: Urbe CaRioca
Blog Urbe CaRioca



Segunda, 03/03/2014

SEMANA 24/02/2014 a28/02/2014 – CAMPO DE GOLFE NO JORNAL O GLOBO, MAIS SOBRE AS VARGENS, E O SUMIÇO DAS VIGAS 


SEMANA 17/02/2014 a 21/02/2014 – GUARATIBA, MÊS DE JANEIRO, GOLFE X PLANO DIRETOR, E “EMPATANDO TUA VISTA”

CAMPO DE GOLFE E APA MARAPENDI, DUAS OPINIÕES: do JORNAL O GLOBO e de ANDRÉA REDONDO



Quarta, 05/03/2014


Quinta, 06/03/2014

Sexta, 07/03/2014



Os 10 posts mais lidos da semana
Para acessar copie o título na caixa de pesquisa acima.
PEDRAS PORTUGUESAS E CARIOCAS
SENHOR PREFEITO, CADÊ AS VIGAS?
MAIS SOBRE HOTÉIS E QUARTOS A MAIS
Artigo: GUARATIBA, MUITO ALÉM DO PAPA, de Pedro da Luz Moreira
Crônica: ELA, EU, GABRIELA E O SERTÃO DE ALAGOAS, de Ailton Mascarenhas
UMA IRREVERÊNCIA CRIATIVA URBANO-RECIFENSE
 UM PROJETO REAL E VIÁVEL PARA O METRÔ DO RIO, por Miguel Gonzalez
METRÔ: O VAI E VEM DA ESTAÇÃO GÁVEA E A LINHA 4
MAIS METRÔ 6 e UtilitáRio
CAMPO DE GOLFE E APA MARAPENDI, DUAS OPINIÕES: do JORNAL O GLOBO e de ANDRÉA REDONDO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *