O MÊS NO URBE CARIOCA – MARÇO 2014

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Internet

Caros leitores,
Em Março os novos posts sobre o caso do Golfe que invadiu a APA continuaram a repercutir, em especial CAMPO DE GOLFE NA RESERVA AMBIENTAL – EPITÁFIO, e o artigo de Sonia Peixoto UM CAMPO DE GOLFE OLÍMPICO NO LUGAR ERRADO. O caso da transferência das Vilas de Mídia e de Árbitros da Zona Portuária para Jacarepaguá teve muitas visualizações, assim como o artigo de Miguel Gonzalez sobre o Metrô, tema sempre de grande interesse.
Quanto às referidas vilas, nota no jornal O Globo afirmou que “A decisão de Eduardo Paes de transferir a Vila de Mídia e de Árbitros das Olimpíadas, com três mil quartos, da Zona Portuária para a Zona Oeste pode ser inócua. É que o tempo mostrou que essa turma pode ser acomodada em hotéis ou mesmo numa vila menor, já que a expansão da rede hoteleira para 2016 tem sido maior do que foi estimado”.



A notícia não nos causou surpresa, pois já se sabia sobre os muitos QUARTOS A MAIS criados a partir de leis urbanísticas generosas que aumentaram gabaritos e área de construção, e concederam isenções fiscais específicas para aquele mercado, que provocaram o que chamamos de ‘enxurrada hoteleira’. Por outro lado, a carta de um leitor publicada hoje no mesmo jornal intriga.


Para quem não pode ler os posts, seguem os links respectivos. 


URBE CARIOCA



Este cenário será interrompido pelo campo de golfe construído
em área de proteção ambiental. A parte da APA Marapendi
eliminada – junto  com fauna, flora, e uma via importante para
 o sistema viário da Barra da Tijuca
, não aparece na imagem.
O mundo não sabe disso. Nem o C40.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *