O GOLFE NA URBE CARIOCA – VÍDEOS, FOTOS, MENTIRAS, VERDADES, E ALEGRIA

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

AS MENTIRAS, EM 2010

Justificativas que nada justificam, e insistência em afirmar que o campo foi autorizado em gestão anterior: entretanto, o campo projetado na época seria menor e preservaria a faixa destinada ao Parque Ecológico. O fato resumiu-se ao cancelamento da rua (ato administrativo reversível) e não produziu efeitos, pois a lei vigente vedava a pretensão.

A VISITA

 ANÚNCIO DO LOCAL ESCOLHIDO E  DO ESCRITÓRIO AMERICANO AUTOR DO PROJETO, ANTES DA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PELO IAB-RJ E AINDA NA VIGÊNCIA DO ZONEAMENTO AMBIENTAL QUE IMPEDIA O USO, LEI POSTERIORMENTE MODIFICADA PELO PREFEITO E VEREADORES AO APAGAR DAS LUZES DE 2012(link para o vídeo do anúncio e visita)


A DECLARAÇÃO

UM POUCO ANTES DA PRIMEIRA AUDIÊNCIA EM JUÍZO, NA 7ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA DO TJ-RJ, SETEMBRO 2014

“Não tem polêmica. O Campo de Golfe é aonde vai ser determinado, é aonde ele será” (sic). 



A REAFIRMAÇÃO

UM POUCO ANTES DA SEGUNDA AUDIÊNCIA EM JUÍZO, NA 7ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA DO TJ-RJ, SETEMBRO 2014.

Reafirmação de que o local está definido, antes da decisão judicial.


A DEVASTAÇÃO

 DE 2012 A 2014, ENQUANTO O MPRJ ANALISAVA O ASSUNTO


“The area where the Olympic golf course is being built housed fauna and flora characteristics of lagoon environments and is classified as an Environmental Protection Area. The work being done is modifying dramatically the overwhelming surroundings of the Marapendi Lagoon.

Look at these pictures provided by Goggle.

Before and after.

Do your part!”


A INVASÃO E A DESTRUIÇÃO DA RESERVA/PARQUE

A área triangular situada entre as duas manchas delimitadas com linha amarela, na primeira foto, era recuperável, e integraria o parque, tal como as duas laterais (amarelo) no trecho correspondente ao terreno. Essas, o restante ao longo destas até à margem da Lagoa de Marapendi e as demais marcadas (vermelho) compreendem parte da APA, e do parque implantado gradualmente, conforme previsto em leis urbanísticas e ambientais.

 Uma vez que o poder judiciário determine a paralisação da obra e que a lei anterior seja revigorada, todas as áreas destinadas ao Parque Ecológico poderão ser replantadas e devolvidas à cidade.



A ALEGRIA

O QUE ACONTECERÁ QUANDO O JUIZ DETERMINAR A PARALISAÇÃO DA OBRA E A MANUTENÇÃO DO PARQUE ECOLÓGICO

Pharrell Williams – Happy (Official Music Video)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *