METRÔ DO RIO – OBRA PARALISADA. INFORMAÇÃO EXTRA-OFICIAL.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Wikimedia
Leitores do Urbe CaRioca estiveram no canteiro de obras da Estação Gávea do Metrô do Rio de Janeiro e foram informados de que a execução está paralisada por falta de verba, que dos 500 operários contratados para o trabalho, 460 foram dispensados, e que 40 ficam ali apenas tomando das instalações e materiais.

Tomara que não seja verdade!

Linha 4 original e Corredor T5


Mas, vale recordar que em janeiro último membros do governo do Estado declararam que a estação Gávea seria construída com um nível com plataformas distintas (não mais com dois níveis, conforme anunciado antes) e que só seria inaugurada pronta em 2016, depois da realização dos Jogos Olímpicos, embora o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio, e o subsecretário da Casa Civil, Rodrigo Vieira tenham confirmado:

… “que a Linha 4 começará a funcionar para o público em junho de 2016, fora dos horários de pico, entre Barra e Ipanema, com cinco estações: Jardim Oceânico, São Conrado, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz. A operação do sistema com passageiros nos mesmos horários das linhas 1 e 2 começará em julho. Mas, nos primeiros meses, não haverá conexão direta com as Linhas 1 e 2. O usuário que estiver no Jardim Oceânico e quiser chegar ao Centro ou à Tijuca, por exemplo, terá que descer na estação General Osório e seguir viagem em outra composição que opera na Linha 1. No caso da Linha 2, a conexão com a Linha 4 passará a acontecer no futuro na Praça General Osório” (O Globo 15/01/2015).


Ou, seja, se para os Jogos, a ligação Ipanema-Barra será feita sem conexão na Gávea, talvez não haja mesmo pressa…

Por outro lado, em janeiro o Governador do Estado do Rio de Janeiro anunciou cortes de verbas na áreas da Educação, Saúde e Segurança.

Quanto à falsa Linha 4 do Metrô, certamente logo a grande imprensa dirá se a notícia procede.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *