CLUBE FLAMENGO – ÁRVORES, ARENA E SANDUÍCHES

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Há alguns dias a Associação de Moradores e Amigos – AMA Leblon informou pelas redes sociais que o Clube Flamengo previa o corte de árvores existentes no terreno que utiliza no bairro do Leblon, junto da Lagoa Rodrigo de Freitas, árvores que já estão marcadas com uma fita vermelha. 

Conforme também noticiado em nota na coluna Gente Boa (O Globo, 24/08), o clube disse que “as árvores marcadas são parte de um estudo que será enviado à Secretaria de Meio Ambiente relacionado à construção da Arena Multiuso do clube”.
A construção de uma arena ou um estádio foi tema de vários posts neste blog:

06/04/2016 – CLUBE FLAMENGO – AFINAL, ARENA OU ESTÁDIO?

26/07/2016 – FLAMENGO: UM TRAMBOLHO NO PRÉDIO ABANDONADO – FIM DO MISTÉRIO

 


De acordo com declaração do prefeito do Rio a obra foi autorizada – uma arena de basquete com capacidade para 3500 lugares. Portanto, as exigências, em tese, foram atendidas. É importante saber se a altura máxima permitida foi cumprida; se o IPHAN concordou com a construção de mais um volume de porte no entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas; se o Conselho Municipal de Patrimônio Cultural do Município autorizou a obra; e se os impactos sobre o trânsito caótico constante na região foram considerados.

Agora não é mais possível usar a desculpa de que é “Pra Olímpiada”.

Urbe CaRioca



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *