TRAMBOLHOS OLÍMPICOS: TAMBÉM NA BARRA DA TIJUCA E NA BAÍA DE GUANABARA

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Foto: Urbe CaRioca, 02/08/2016
Nem só no Flamengo aportaram trambolhos olímpicos.

Na Barra da Tijuca, local de lazer contemplativo – de onde se contempla o mar exuberante da região, paisagem infinita, eis que surge um obstáculo, um atleta voador, mais um gigante na paisagem, um mergulho em direção à água.

Pelo menos a interferência de mau gosto – devido aos locais e paisagem – é temporária.

O mesmo não se pode dizer da monstruosa ponte estaiada construída sobre o Canal, na entrada do bairro, ou da ciclovia suspensa que obstruiu a vista do mar, talvez eternamente.

Com vocês, o atleta de topo*.


Urbe CaRioca

Foto: Urbe CaRioca, 02/08/2016


*NOTA:

Sobre o “O atleta de topo” a coluna de Ancelmo Gois, no O Globo de hoje, esclareceu mais um mistério. Os gigantes na paisagem são obra de um artista francês. Além do que aportou sobre o prédio no Flamengo e do mostrado acima, mais uma imagem será instalada, dessa vez na Baía de Guanabara.

Pela foto divulgada no jornal, a imagem do o terceiro atleta – uma nadadora de nado borboleta – é muito bonita. Estruturas metálicas não aparecem. No ângulo mostrado, o painel esconde o Pão-de-Açúcar, o que nada tem de maravilhoso.


Foto: O Globo, 03/08/2016
   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *