IPTU – Aumento em 2018, mas não para todos

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

 

 

O Prefeito do Rio de Janeiro sancionou o projeto de lei, por ele enviado à Câmara de Vereadores, pelo qual propôs o aumento do imposto para grande parte dos proprietários de imóveis na cidade, entre outras maldades.

Os vereadores, por sua vez, trataram de garantir as isenções – algumas incompreensíveis – nos lugares onde têm suas bases eleitorais, pois precisam garantir votos dos fiéis eleitores nas próximas eleições.

Engana-se quem achar que aquela e outras benesses aplicam-se apenas aos mais pobres, nas favelas, e a algumas construções pequenas. Para exemplificar, os hotéis tiveram garantida a redução de 40% do imposto até 2023.

Cabe indagar porque manter a isenção para “- Imóveis ocupados por: associações de moradores, agremiações esportivas, federações e confederações esportivas, associações profissionais e sindicato de empregados.”. Pelo menos entidades esportivas e sindicatos de empregados, sabidamente, lidam com milhares de reais advindos de diversas fontes – inclusive governamentais, deveriam contribuir para a cidade que usufruem.

O jornal O Globo fez um levantamento detalhado sobre o assunto (link para a reportagem).

Enquanto isso, o prefeito tapa buracos de balas nas comunidades e afirma que sua igreja foi poupada dos projéteis pela graça divina. Porque os tiroteios continuam, vai precisar de mais emboço, inclusive para a lanchonete em Bonsucesso, metralhada por bandidos ontem.

 

“Ao passe pela Rua 2, que tem muitos imóveis perfurados, incluindo uma igreja da Assembleia de Deus que estava com as portas fechadas, ele ficou assustado. Mas brincou ao dizer que a Igreja Universal, ao lado, não foi atingida”.

“— Deus protegeu. Na Universal, não bateu nenhum — disse o prefeito, referindo-se às marcas de tiros nos outros imóveis”.

 

Não é assunto para brincadeira, muito menos vinda do Chefe do Poder Executivo em país onde o Estado é laico.

A Lei nº 6.250 de 28/09/2017 que ‘Altera a alíquota padrão do ITBI, promove alterações e inserções de dispositivos relativos a IPTU e TCL, inclusive na planta genérica de valores – PGV de imóveis, e dá outras providências’ (autor: Poder Executivo), está publicada no Diário Oficial do Município de hoje.

 

Urbe CaRioca

Contribuintes cabisbaixos.
Imagem obtida na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *