Rio das Pedras – A proposta do Prefeito em computação gráfica

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

 

O anúncio feito pelo prefeito de que pretende urbanizar a favela Rio das Pedras substituindo lojas, casas e barracos por edifícios com 12(doze) andares tem rendido algumas discussões.

Neste Urbe CaRioca comentamos o assunto em:

SOBRE URBANIZAR A FAVELA RIO DAS PEDRAS (21/04/2017)

FAVELA RIO DAS PEDRAS – COMENTÁRIOS (28/04/2017)

RIO DAS PEDRAS – MAIS COMENTÁRIOS SOBRE A PROPOSTA DO PREFEITO (24/05/2017)

FAVELA RIO DAS PEDRAS, ITANHANGÁ – O QUE A PREFEITURA PRETENDE (12/06/2017) 

Abaixo está o vídeo com apresentação do projeto de urbanização e construção divulgado pelo alcaide em redes sociais.

 

É importante conhecer a opinião da Academia e do Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB, entre outras instituições relacionadas ao tema. Quanto aos moradores, parecem não estar satisfeitos com a proposta. O protesto aconteceu em 25/08/2017, um dia após a divulgação do vídeo explicativo, pelo Prefeito, e foi amplamente divulgado na grande mídia.

 

 

Nunca é demais repetir que aumentar gabaritos de altura e vender o solo urbano através de CEPACs não são panaceia universal. Haja vista os problemas enfrentados na Zona Portuária da cidade. Para recordar, em março um dos pedidos ao prefeito, então apenas há três meses no governo foi PEDIDO AO PREFEITO: 7 – CEPACS? GABARITOS? SR. PREFEITO, SEJA DIFERENTE, NOVO, ORIGINAL!.

A proposta da Prefeitura pode ser um enorme equívoco, a começar pelo básico: mudar o nome do lugar para Rio da Gente, ou seja, apagar o nome de batismo original e sua razão (o rio que atravessa o lugar), referência do lugar/cidade com expressão ambígua, a parecer que se ri de toda a gente.

 

Urbe CaRioca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *