Trilhos novos, antigos trilhos

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Largo de Santa Rita em 1846, pintura de Eduard Hildebrand

Mais uma vez, as obras para instalação do sistema VLT revelam a os trilhos dos seus antecessores, os bondes elétricos que circularam no Rio de Janeiro do final do Século XIX até meados da década de 1960: desta vez na Avenida Marechal Floriano, Centro, como pode ser visto nas fotografias abaixo, de Paulo Clarindo (v. tb. “Vendo o Rio, 2018 – o terreno da antiga Cia. Ferro-Carril Jardim Botânico” – 10.01.2018)

Na Rua da Constituição, camadas do piso de pedras da época do Brasil Imperial e Colonial reveladas durante as escavações, infelizmente foram novamente cobertas, assunto de várias postagens neste site:

“Pé-de-moleque da Rua da Constituição: descoberta, divulgação, mobilização, televisão, mas, em vez da possível preservação, destruição e indignação” (26.10.2015)

“Pés-de-moleque do Rio Antigo – Passado revivido, Rio a preservar” (05.10.2015)

“Praça XV e Rua da Constituição – Pés-de-moleque x Concreto” (29.09.2015)

“Constituição, a dos Pés-de-moleque, em `Prospecções Casuais´ “, de Eduardo Cotrim (29.09.2015)

“Pés-de-moleque agora na Praça XV” (28.08.2015)

“Pés-de-moleque: Visão de Paulo Clarindo e Olínio Coelho, em um abaixo-assinado pelo Rio de Janeiro” (06.10.2015)

“Sobre o Veículo Leve sobre Trilhos e os pés-de-moleque que sobraram” (23.05.2016)

Na Marechal Floriano, chamada Rua Larga desde meados do Século XVIII até o início do Século XX, por enquanto aparecem apenas os trilhos antigos. O autor das fotos, do grupo Amigos do Patrimônio, solicitou ao Núcleo de Arqueologia do IPHAN – RJ que acompanhe as obras.

Urbe CaRioca

Referências:

Blog Alberto de Sampaio – A cronologia do bonde no Rio de Janeiro e Site Bondes do Rio

Carta enviada ao IPHAN

“Prezados Senhores.

Boa tarde!

Conforme conversa por telefone com essa conceituada Assessoria de Arqueologia, seguem fotografias mostrando o aparecimento recente de trilhos de antigos bondes em obra de extensão do VLT carioca, por enquanto no trecho da Avenida Marechal Floriano até a esquina da Rua Camerino, no Centro do Rio.

Até o presente momento não há nenhuma placa sobre acompanhamento arqueológico no local.

Cordialmente,

Paulo Clarindo
amigosdopatrimonio@gmail.com”

Fotos Rua Marechal Floriano:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *