Adiada a licitação do Autódromo de Deodoro – que seja para sempre

Marcada para a esta quinta-feira, dia 31, a abertura das propostas para a concessão do novo autódromo do Rio, em Deodoro, foi adiada, sem previsão de nova data. Isso porque foram encontradas inconsistências no edital, como variações em metragens e discrepância nas garantias. Para evitar futuros questionamentos, optou-se por uma revisão do projeto.

Veja mais detalhes na matéria publicada pelo jornal “Extra” e, ainda, confira o Relatório de avaliação da vegetação do fragmento florestal do Morro do Camboatá, no Centro de Instruções de Operações Especiais, no bairro de Deodoro. Leia mais

A saga do novo autódromo continua

Em continuidade aos vários posts publicados neste blog sobre a questão da possível construção de um autódromo na Floresta do Camboatá, na Zona Oeste do Rio, em uma importante área de Mata Atlântica, e questionada por vários segmentos da sociedade, temos a notícia publicada no Jornal “O Globo” desta segunda-feira, dia 28 de janeiro.

A matéria relata a previsão de licitação pela Prefeitura do Rio para a concessão da área e a construção do novo autódromo da cidade. Segundo a minuta de contrato publicada no Diário Oficial do dia 14 de dezembro do ano passado, a abertura dos envelopes será feita às 10h30 da próxima quinta-feira, dia 31, na Comissão de Licitação da Casa Civil. Leia mais

Pedregulho, Um ícone da Arquitetura Brasileira – Documentário original do Canal GloboNews

A Arquitetura é ideologia, também”.

Sérgio Ferraz Magalhães, arquiteto

O documentário abaixo foi elaborado pelo Canal de TV GloboNews e exibido sábado, dia 12, deste mês de janeiro/2019.

Ontem, dia 20/01, foi o Dia de São Sebastião do Rio de Janeiro, data em que se homenageia o santo padroeiro da nossa cidade.

Boa época para celebrar o que ainda há de bom na urbe carioca – e não é  pouco – comemorar o título recém-conquistado, concedido pela UNESCO, de Capital Mundial da Arquitetura, e buscar as muitas construções que contam a nossa história, entre elas o instigante conjunto habitacional popular e modernista chamado Pedregulho, projeto de Afonso Eduardo Reidy, obra de muitos sonhos, memórias, e acertos – grandes ou menores. Leia mais

Rio recebe título de primeira Capital Mundial da Arquitetura pela Unesco

A cidade do Rio de Janeiro é a primeira Capital Mundial da Arquitetura. O título foi entregue em cerimônia na manhã desta sexta-feira, dia 18, em Paris, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

A informação foi confirmada pela sede do organismo em Brasília. É a primeira vez que uma cidade recebe essa designação – criada no ano passado em parceria entre a Unesco e a União Internacional dos Arquitetos (UIA). Leia mais

Código de Obras do Rio – A Lei Complementar n. 198/2019

A quem interessar, transcrevemos abaixo o texto do dito novo Código de Obras do Rio.

Urbe CaRioca 

Lei Complementar Nº 198 DE 14/01/2019

O Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro

Faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

CAPÍTULO I – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º Esta Lei Complementar aprova o Código de Obras e Edificações Simplificado – COES do Município do Rio de Janeiro, que disciplina a elaboração de projetos, construção e modificação de edificações no território Municipal, por agente particular ou público. Leia mais

Reflexos da poluição na Zona Norte do Rio

17 de janeiro de 2019 – Texto de Hugo Costa

Assunto: Reflexos da poluição na Zona Norte do Rio

“Esta foto é no Canal do Cunha e não vai ser compartilhada nas redes sociais, não vai virar imagem icone sobre o descaso com os corpos hídricos cariocas e nem vai gerar qualquer ação de órgão público de cobrança de despoluição. Sabem por quê? Porque a foto é na Zona Norte do Rio, no trecho entre a Av. Brasil e a Baía da Guanabara, onde estão os menores IDHM do Rio de Janeiro, e totalmente fora da área do município que é considerada Cidade Maravilhosa. Leia mais

COMO REDUZIR A VIOLÊNCIA NO LEBLON, by Reclamilda

CrôniCaRioca

Caros amigos,

Oi, quem vos escreve é Reclamilda. Estava com saudades de bater um papo com vocês. Andei silenciosa, sei, quase escondida, pensativa… Aparecia de vez em quando só para trocar ideias com minhas melhores amigas, Elogilda e Ana Lisa, e tentar compreender esse estranho 2018 que passou.

Nunca vi tanta gente brigar por causa de política e campanha eleitoral.

Em uma família conhecida, no almoço de domingo a tiazinha se referiu ao “movimento de 1964” (Tofolli pode, eu posso) como Revolução – na sua época dizia-se assim. A sobrinha gritou: “Revolução, não! Golpe, Golpe!” E completou dizendo que a tia idosa era da KKK. A doce velhinha não entendeu nada, ainda bem. Meio surda, recém-chegada às redes sociais, emojis e abreviaturas, pensou que a sobrinha a achasse muito alegre e risonha. KKK! Adorou! Leia mais