SIM AO MUSEU DO HOLOCAUSTO, NÃO NO MORRO DO PASMADO

Este blog é favorável a que a cidade receba a construção de um Museu do Holocausto, ao tempo que mantém a opinião de que o local escolhido pelo Prefeito do Rio para a homenagem é completamente inadequado: O Morro do Pasmado, local que já foi ocupado por uma favela e hoje abriga um parque e um mirante, de onde se desfrutam as mais belas paisagens cariocas (v. links para os demais artigos sobre o assunto no final desta postagem). Leia mais

Análise do romance “A Praça” de André Luis Mansur

Neste artigo, a análise da escritora e jornalista Luciana Hidalgo sobre o romance “A Praça”, do jornalista e escritor André Luis Mansur. Vale a leitura.

UtilitáRio

“Acabei de ler seu romance agora e escrevo para dizer que é uma delícia de leitura. Para começar, adorei o fato de Luis Antonio ser um “passeador” (como não gostaria?). A ideia de centrar a maior parte do romance na Praça Tiradentes é ótima (o título do livro é perfeito). Leia mais

Cobal Humaitá e Leblon: Há que esclarecer.

Vendo o Rio, 2019

Depois de algum tempo esquecidos, era de se esperar que os imóveis da Cobal voltassem à berlinda na atual gestão da cidade.

COBAL – Assim são chamados os antigos mercados de hortifrutigranjeiros situados nos bairros do Leblon e Humaitá, locais que, embora hoje esvaziados e algo decadentes, paradoxalmente, ainda são de grande utilidade para a população vizinha: houve a transformação das atividades de vários espaços que, reutilizados, garantem movimento e animação ao entorno, em especial no bairro do Humaitá. Leia mais

Sobre o Congresso Mundial de Arquitetos em 2020

Post.Zitivo

Após a paisagem carioca ser motivo de divulgação de nossas belezas naturais mundo afora, agora um importante conjunto de construções da Cidade do Rio de Janeiro, erguidas ao longo de sua História, leva também o nome da Cidade Maravilhosa a receber mais um título e o reconhecimento internacional. Parabéns aos que se empenharam, mais uma vez, em valorizar o que temos de melhor no Rio e na Arquitetura brasileira. Leia mais

Proibida a convocação de nova licitação para o autódromo de Deodoro

Apesar da convocação publicada no Diário Oficial para licitação do Autódromo de Deodoro, no próximo dia 21, a Prefeitura do Rio de Janeiro teve os seus planos freados pela determinação do Tribunal de Contas do Município no fim da tarde desta sexta-feira, dia 15, que proibiu a nova data sob a alegação de que não haveria tempo hábil para análise das mudança no edital, além do fato de o o prazo de mais de 30 dias, obrigatório para quando se publica novos editais, fosse respeitado. Leia mais

Buraco causa transtornos em Laranjeiras

12 de fevereiro de 2019 – Andreza Albuquerque

Assunto: Buraco causa transtornos em Laranjeiras

“Estou muito preocupada com um buraco na rua, esquina da Rua Soares Cabral com Rua das Laranjeiras. Os carros entram direto e caem nele. Minha preocupação é também com as motos. Já liguei para a Prefeitura e pedi reparo com urgência”

Mesmo sem chuva forte, árvores continuam a cair

Este blog recebeu os registros de uma árvore enorme que caiu na Rua Dias Ferreira, no Leblon, na Zona Sul do Rio, na manhã desta quarta-feira, dia 13 de fevereiro, entre 9h e 9h30, mesmo sem ter ocorrido o vendaval previsto, mas apenas pancadas de chuvas moderadas. Isso mostra que as árvores muito antigas estão sujeitas a cair por esta fragilidade, ainda que fora de situações de alto risco provocadas pelas mudanças do clima. Leia mais

A favela da Rocinha precisa de atenção imediata do Poder Público, por Luiz Carlos Toledo

“Quem avisa amigo é, peço aos governantes que, porventura, lerem estas palavras, recebam-nas como se fossem as sirenes que, em Brumadinho, não chegaram a soar.

O meu propósito em escreve-las é o de alertar a todos sobre a gravidade do que ocorreu na Rocinha no dia de ontem e que, fatalmente, irá se repetir quando as próximas frentes frias atingirem o Rio de Janeiro.

Meu nome é Luiz Carlos Toledo, arquiteto de profissão, há mais de trinta anos percorro as ruas e becos da Rocinha, ora projetando, ora ensinando e sempre escutando e aprendendo com os moradores. Leia mais