Homenagem ao “Os Escoteiros” – “Ficaram as botas de um menino levado!”, de Júlio Schneiders

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Após publicarmos, recentemente, a notícia de que a estátua “Os Escoteiros” foi furtada na Praça do Russel, na Glória, na Zona Sul do Rio de Janeiro e que, de acordo com informações, infelizmente, a escultura foi cortada e vendida por R$ 400 no ferro-velho, recebemos a mensagem do leitor Júlio Schneiders que neste momento, nos alenta através do seu poema.

Urbe CaRioca

Ficaram as botas
De um menino levado!
Um sonho roubado!
Por um vil metal!

Nas mãos a bandeira, o chapéu!
No pescoço o lenço escoteiro!
Aquele olhar de mateiro!
Ali não veremos mais!

Lembrança de um feito de glória!
Gratidão dos irmãos chilenos!
Agora só o que temos!
A sensação de vazio!

Em sonho, talvez ouçamos o grito:
Estou aqui! Estou aqui!
Estou junto de BP!
Não se preocupem!

Mas não percam o caminho!
Levem em seus corações faceiros
Todo o ideal escoteiro
Que em bronze representei!

Júlio Schneiders
PU3JSN – G.E. Tupã-Ci – 04/RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *