Sítio Burle Marx: uma boa notícia

O sítio Burle Marx, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, é o novo candidato brasileiro a Patrimônio Cultural da Humanidade. A candidatura será apreciada pelo Comitê de Patrimônio Mundial da Unesco em 2020. Mas antes disso, na reunião deste ano, daqui a dois meses, o comitê vai decidir sobre outras candidaturas. As cidades de Paraty e de Angra dos Reis concorrem na categoria de Patrimônio Cultural e Natural, com a importância do centro histórico e de várias reservas biológicas na região.

O sítio Burle Marx tem 400 mil metros quadrados de verde e paz, um refúgio que Burle Marx começou a criar comprando terras em Barra de Guaratiba, no começo do século passado. O paisagista era um colecionador nato. Só de plantas, reuniu 3,5 mil espécies .

A casa onde ele viveu guarda as outras coleções, de vidro , de arte sacra, pré-colombiana e popular brasileira. Além dos quadros e painéis de azulejos assinados pelo artista de tantas habilidades. Agora o sítio, que recebe 30 mil visitantes por ano, pode se tornar Patrimônio Cultural da Humanidade.

Fonte: RJTV e G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *