Estátua “Os Escoteiros” é recuperada na Marina da Glória

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Agentes recuperaram estátua, que foi encontrada na Glória – Divulgação

Na manhã desta domingo, agentes do Aterro Presente recuperaram a estátua ‘Os Escoteiros’, furtada na Praça do Russel, na Glória, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na noite do último dia 23 de maio.

A peça foi encontrada por policiais entre as pedras da Praia do Flamengo, próximo à Marina da Glória, após terem sido alertados por um pedestre alertá-los.

Somente este ano, sete monumentos foram furtados de áreas públicas da cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Conservalção, o mês de abril registrou quatro roubos de peças, o maior número em um mês.

Presente – De acordo com o diretor do Centro Cultural do Movimento Escoteiro (CCME), André Torricelli, a estátua, que reproduz um menino escoteiro segurando uma bandeira e um chapéu, havia sido um presente de agradecimento de escoteiros chilenos após uma demostração de solidariedade das suas contrapartes brasileiras. Em 1922, um terremoto de magnitude 8,5 na escala Ritcher atingiu a ex-colônia espanhola nas localidades de Vallenar e Huasco, na região do Atacama.

Ao sismo, seguiu-se uma tsunami, o que aumentou a devastação: cerca de 1.500 morreram e outras 2.000 ficaram feridas no episódio. Os escoteiros brasileiros arrecadaram, então, uma grande quantidade de dinheiro doada para as crianças chilenas vítimas do tremor. Um ano depois, os escoteiros do Chile retribuíram com o dinheiro para a construção de uma estátua.

A figura do jovem escoteiro será levada para restauração antes que possa voltar à Praça do Russel. O caso foi registrado na 9ª Delegacia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *