Sobre a estátua “O Escoteiro”, de Fábio Marques

O leitor traz informações sobre a história da estátua que foi furtada e recuperada, conforme divulgado em posts anteriores. Agradecemos a Fábio Marques, do grupo SOS Patrimônio, pela colaboração.

Urbe CaRioca


“Foi doada aos Escoteiros do Brasil em 1923 e inaugurada em 20 de dezembro daquele ano, pela juventude Chilena em agradecimento a ajuda dos Escoteiros Brasileiros no terremoto de Coquimbo e Atacama.

Na inauguração estavam presentes Ministro das Relações Exteriores Sr Felix Pacheco, Ministro da Justiça Sr João Luiz Alves, Consul do Chile Sr Cruchaga Tocornal, Conselheiro da Embaixada Sr Sebastião Sampaio, o Escultor Fernando Thauby, o professor Guilhermo Martinez e o estudante chileno Vitor Quintana ( representando a mocidade Chilena) e em volta diversos Escoteiros

A Escultura feita em Bronze, sobre um pedestal de Granito ( de aproximadamente 1,5m) , que originalmente continha linda placa de bronze, toda trabalhada com a seguinte inscrição “Amistad. Los ninos de Chile a sus hermanos del Brasil” ( placa qual sumiu em uma das mudanças de lugar, assim como o bloco de granito que diminuiu.)

Da forma original foram feitas 2 estatuas, uma se encontra no Chile ( Plaza Centenario Parquemet ) e a outra aqui no Rio, infelizmente a do Chile também foi danificada pois sofreu um ataque bomba nos anos 80, que era direcionado a “Escuela Adiestramiento Canino De Carabineros De Chile” na qual a estatua fica em frente.

A estátua foi usada como base para o desenho do AIP – Acampamento Internacional de Patrulha de 1954, realizado em São Paulo.”

Fábio Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *