RODA-GIGANTE GIGANTE NA PRAIA DE BOTAFOGO

Blog dos Brinquedos

Eis que o trambolho voltará. Provisório quando instalado em local tombado no Forte de Copacabana, mais uma vez procura-se uma Área de Proteção Ambiental parte da paisagem ícone maior da cidade: a Enseada de Botafogo com seu espelho d’água protegido, emoldurados por nada mais nada menos do que o Pão de Açúcar e o Morro da Urca!

A temporalidade agora será maior. A estrutura permanecerá até o final dos Jogos Olímpicos, em 2016 – se o prazo não for estendido indefinidamente, é claro, como o Tivoli Park que permaneceu durante 20 anos às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Além de ser uma inserção extremamente questionável na paisagem do Rio, na mesma Enseada de Botafogo os grandes eventos foram proibidos depois dos enormes transtornos causados pelo afluxo de público e de veículos: shows e outras grandes reuniões. Pergunta-se se os impactos causados pelo polo gerador de gente e veículos foram avaliados. Mais estranho, a Roda-Gigante já foi comprada embora não haja a aprovação oficial da Prefeitura; e empresa é a mesma que administra o Trem do Corcovado (o caos); não se ouviu falar de licitação.[...] Leia mais

SEMANA 08/10/2013 a 12/10/2013 – O CASO DA FREGUESIA, E O RIO DE JANEIRO VISTO PELO OLHAR DE CRIANÇA

“Quando eu era criança às vezes, à noite, passava ao lado de um buraco enorme e preto e ficava muito assustada. Tinha medo de que, nas curvas, o carro do meu pai, oFord 50, caísse e afundasse naquela escuridão. Na beira da rua havia uma favela, tinha gente conversando e bebendo. Parecia um lugar animado”. =&3=&

QUANDO EU ERA CRIANÇA

=&0=&=&1=&=&2=& Andréa Albuquerque G. Redondo=&3=&=&4=& Para BIANCA
Blog Curta-se Mais



  


_______________________



Quando eu era criança bati com a testa na porta. Nasceu um galo gigante. Corri da minha mãe que queria apertar o galo com a faca deitada. Chorei muito. O galo não diminuiu. No caminho para o hospital, deitada no colo da minha mãe, vi muitas estrelas amarelas em um céu claro.



Cresci um pouco e descobri que as estrelas eram as luzes no teto do túnel do Pasmado. Nessa época tinha uma favela em cima do túnel. Depois um governador tirou a favela. Fizeram um mirante no alto do morro e puseram lá a bandeira do Brasil. O hospital era o Rocha Maia. Não tem mais emergência…

[...] Leia mais