OUTRAS CIDADES DA MÚSICA

=&0=&



Citè de la Musique, Paris




The Country Music Hall of Fame and Museum,
Nashville, Tennessee



Sidney Opera House, Australia

 

Walt Disney Hall – Los Angeles, Estados Unidos



Esplanade – Theatres on the Bay, Cingapura





KyotoConcert Hall, Japão

Cité de la Musique et de la Danse, Strasbourg



Auditório de Santa Cruz de Tenerife, Ilhas Canárias



National Grand Theater of China, Beijing
=&1=&      =&2=&

 Theater Architecture: 10 Modern Music Hall Masterpieces  Concert Hall Architecture – SelectionWeb Urbanist




ECÁ…

Abandonado, Rio de Janeiro

NOTA Todas as imagens foram obtidas em sites de turismo e em páginas sobre arquitetura, na internet.


Guggenheim, Cidade da Música e Museu do Amanhã, dois pesos e duas medidas

No Post Guggenheim, Cidade da Música e Museu do Amanhã, um Post.zitivo com ressalvas há o seguinte parágrafo:

Se a instalação do Museu do Amanhã pode ser positiva para o Rio, embute uma face perversa: remete de imediato à Cidade da Música, deixada inconclusa, um embargo indireto e intencional. Se entre as alegações contra o Guggenheim estava o gasto público excessivo, as perdas com a obra da Cidade da Música paralisada deveriam ser igualmente aferidas. Já em relação ao projeto de Calatrava, não se ouviu uma palavra contrária.”[...] Leia mais

Guggenheim, Cidade da Música e Museu do Amanhã, um Postzitivo com ressalvas.

Em princípio, toda cidade gostaria de receber um projeto futurista do famoso arquiteto Santiago Calatrava.
Santiago Calatrava – Museu do Amanhã
Deixemos agora de lado custos e prioridades, aspectos sempre levantados no caso de obras de grande porte que não são escolas ou hospitais. Revitalização da Zona Portuária, tema interessante, construção sustentável, coberturas dinâmicas, grife e muita, muita divulgação. Se construído, mantido e usado, poderá, sim, vir a ser um novo ícone no Rio de Janeiro. E este um genuíno Post.zitivo, sobre ação governamental digna de elogios. Mas, cabe perguntar por que o Museu poderá ser feito agora e no Pier Mauá, alvo de tantas outras propostas mal sucedidas?
Jean Nouvel – Museu Guggenheim

Outro museu, voltado para as Artes Plásticas, foi planejado há alguns anos: também no Pier, também para dar impulso à revitalização da Zona Portuária, também um ícone na origem – o Museu Guggenheim – e projetado pelo não menos famoso arquiteto Jean Nouvel. Mas, o Guggenheim não foi adiante. Em meio a polêmicas e ações judiciais contrárias ao projeto, o plano foi vetado, embargado e o contrato com a Fundação Guggenheim suspenso. Justificado ou não, o que se sabe é que o Governo Federal -Companhia Docas – era dono do Pier e as ações foram impetradas pelos partidos da oposição ao Governo Municipal, o que por si bastaria para demonstrar que divergências políticas deram origem ao embargo.

Christian de Portzamparc – Cidade da Música

E assim nasceu a Cidade da Música, nova tentativa de dotar a cidade de um equipamento cultural de porte, em terra do município, sem depender da boa vontade de outras esferas políticas, com projeto do igualmente famoso arquiteto Christian de Portzamparc. [...] Leia mais