Despejo de esgoto no Jardim de Alah

Na manhã desta sexta-feira, o Urbe CaRioca registrou os reflexos do lançamento de esgoto no Jardim de Alah. Ainda que hoje o cenário possa ter relação com as fortes chuvas e a ressaca na orla do Rio de Janeiro, o fato, apesar de impressionar e causar questionamentos, infelizmente não é incomum. Pelo contrário, caracteriza-se pela recorrência, uma vez que há anos tal cenário é observado na região.

Em 2018, conforme matéria publicado no O Globo, por exemplo,  um vídeo postado em rede social denunciava grande volume de esgoto in natura sendo despejado no canal do Jardim de Alah, já próximo à Praia do Leblon. O autor da gravação, o advogado Heitor Wegmann, ex-presidente da Associação de Moradores e Amigos do Jardim Botânico, afirmou que os detritos acabaram seguindo o caminho da Lagoa Rodrigo de Freitas, já que o canal está obstruído junto ao mar pelo assoreamento, embora a comporta estivesse aberta.

Na época, o biólogo Mario Moscatelli, que publicou o vídeo no Facebook, informou que o ponto de despejo flagrado por Wegmann era uma saída de águas pluviais e que há mais de 20 anos, de tempos em tempos, o esgoto já era lançado por ali.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.