Novas ciclovias na Cidade

Por Maria da Glória, uma amante do Rio de Janeiro

É muito urgente a implantação de mais e melhores ciclovias na Tijuca e adjacências. São bairros  muito populosos e a ciclovia  é uma ótima opção de transporte urbano em todo o mundo.

Sugestões de trechos:

–  Da Pracinha do Alto da Boa Vista descendo pela Rua Conde de Bonfin até a Praça Saens Peña.

–  Da Pracinha do Alto da Boa Vista descendo pela Rua São Miguel até a Praça Xavier de Brito (encontrando a ciclovia que vem do Maracanã até aquela pracinha).

– Da Pracinha do Alto da Boa Vista até a Barra da Tijuca, fazendo o trajeto do ônibus Rodoviária / Barra da Tijuca (antigo 233).

– Da Estação do Metrô do Estácio até a Praça Saens Peña,  pela Rua João Paulo I, Santa Amélia,  Dr. Satamini e Heitor Beltrão.  É  mesma rua, que vai mudando de nome do Estácio até a Praça Saens Peña.

– O Metrô do Estácio precisa instalar com urgência um bicicletário.  Espaço ali é o que não falta.   Também em volta do metrô do Estácio.

– Em volta da Praça Afonso Pena, saindo pela Campos Salles, entrando na Rua Gonçalves Crespo (lateral do Clube América) até a Praça da Bandeira.

– Da Praça da Bandeira pela Rua Mariz e Barros e Almirante Cochrane, até chegar à Praça Saens Peña.   Também volta da Praça da Bandeira.

– Melhorar a ciclovia que já existe no Maracanã; melhorar o entorno dele, fazendo alguns quiosques como os da orla da Lagoa.  Seria uma excelente opção de lazer para quem mora nas cercanias.  E rearborizar o local… O trecho do Maracanã que dá frente para a Mangueira não tem quase árvore.

– Saindo da Rua Campos Salles, entrando na Rua Ibituruna, entrando na Rua General Canabarro, no final da Rua Professor Gabizo até encontrar a Ciclovia do Maracanã.

– Saindo do Maracanã, pela Av. Maracanã e indo até a Praça Xavier de Brito, sempre pela Av. Maracanã.   Também em volta da Praça Xavier de Brito.

– Saindo do Maracanã,  indo pela lateral da UERJ, e prosseguindo pelo Boulevard 28 de Setembro e/ou Rua Teodoro da Silva até a Praça Barão de Drummond.

– Saindo da Escola Nacional de Circo (na Praça da Bandeira) até o Maracanã.  Também no entorno da Escola Nacional de Circo.

– No Parque Estadual do Grajaú, descendo pela Rua Eng. Richard, descendo a Rua Barão de Bom Retiro, Barão de Mesquita,  Rua Maxwell, até chegar ao Maracanã.

– Na Quinta da Boa Vista e também nas calçadas laterais da Quinta até o Maracanã, com uma passagem para a Rua Ibituruna (da ciclovia saindo da Campos Salles para o Maracanã).

– Em volta do Campo de São Cristóvão, indo até a ciclovia da lateral da Quinta da Boa Vista.

– Dentro e em volta do novo Parque Recanto do Trovador (antigo Jardim Zoológico, em Vila Izabel), descendo pela Rua Visconde de Santa Izabel até a Praça Barão de Drummond.

– Saindo do Parque Recanto do Trovador, subindo a Estrada Grajaú-Jacarepaguá e terminando na Freguesia.

– Da Tijuca ao Centro, via Estácio.

– No entorno do Estádio do Engenhão.

Aliás, o entorno do estádio precisa de  um projeto de paisagismo bem melhor, que contemple uma grande  arborização (do lado de fora do estádio e nas ruas adjacentes),  com quiosques e boas áreas de lazer, que possam realmente trazer uma beleza maior ao estádio e seu entorno.  Não adianta  se construir um estádio lindo daqueles e o entorno ser um lugar horroroso, sem o menor cuidado.

E é bom lembrar de colocar bicicletários próximos a estas ciclovias, assim como pequenos quiosques de reparos de bicicletas. Enfim, mãos à obra, pois há muito o que se fazer por nossa cidade neste momento.

P.S.: E resolver para ontem aquela pendência da Ciclovia Tim Maia (custou caro para a população) – que não deve funcionar em dias de ressaca, de temporais e outras ocasiões que ofereçam perigo à segurança dos ciclistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.