Inspirado em Malibu, posto “trambolho” invade a orla de Copacabana

O protótipo de uma cabine de salvamento dos bombeiros, inspirado na série televisiva americana da década de 90, “SOS Malibu”, está sendo montado nas areias de Copacabana, em frente ao Hotel Othon Palace.

Influenciado pelas icônicas torres de salva-vidas projetadas pelo arquiteto William Lane, o “trambolho” deverá entrar em fase de testes, podendo ser, pasmem, efetivamente utilizado após um período de avaliação.

Previsto para ser inaugurado ainda neste mês, caso aprovada, a nova cabine poderá ser replicada em outras áreas da orla, como na Praia da Reserva e a Praia da Barra, na altura do condomínio Alfabarra. Uma inaceitável ocupação de área pública e mais uma agressão à paisagem da cidade, destacando que trata-se de Área de Proteção Ambiental.

Urbe CaRioca 

Postos de Salvamento “estilo Miami” serão testados em Copacabana

Protótipo de nova cabine de salvamento sendo construído na orla de Copacabana — Foto: Foto: Márcia Folleto

O Corpo de Bombeiros do Rio está testando dois protótipos de postos de salvamentos que podem ser utilizados na orla da capital após um período de avaliação. Os modelos são inspirados nos encontrados nas praias de Miami, nos Estados Unidos.

Segundo o secretário estadual de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro, as novas cabines podem substituir os postos móveis antigos — os postos tradicionais, fixos, são administrados pela Orla Rio. A alternativa melhora a condição do trabalho dos profissionais que atuam nos salvamentos.

— Hoje o que temos são os postos físicos, administrados pela Orla Rio, além de alguns postos móveis que foram sendo construídos ao longo dos anos. Pela exposição constante a maresia, chuva e sol, esses postos móveis estão cada vez mais deteriorados, o que prejudica as condições de trabalho dos profissionais que atuam na região. Conversei com o prefeito Eduardo Paes e vimos que o custo de reforma desses postos móveis seria muito superior à substituição por um modelo mais atual e que atendesse melhor às demandas do profissional que trabalha na praia.

O secretário reforçou a importância de uma infraestrutura adequada para o melhor desempenho do profissional de salvamento.

— Além do aspecto visual de um posto reformado e novo na orla, o novo modelo aprimora o desempenho da condição física do profissional que fica ali o dia inteiro. Bombeiros que atuam nessas áreas precisam de um espaço que atenda a demanda de um ambiente para ele se alimentar, ir ao banheiro… Muitas vezes, esses profissionais ficam em plantões de 12 horas e precisam pedir para usar banheiros de hotéis na orla. O projeto amplia o conforto e o desempenho desses profissionais sob condições mais adequadas. Quem ganha com isso é a população do Rio, do estado, os turistas e a cidade — complementou.

Além do novo modelo sendo estudado, o coronel afirma que o prefeito Eduardo Paes pediu também a revitalização dos postos administrados pelo órgão. Dentro de 15 dias, o protótipo de Copacabana deve ser inaugurado, mas ainda não existe prazo de quanto tempo ele funcionará sob fase de avaliação. Caso seja aprovado o modelo pode se expandir para outras áreas da orla, como na Praia da Reserva e Praia da Barra, na altura do condomínio Alfabarra.

Fontes: O Globo e Bafafá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.