Sobre teleféricos e outros desperdícios

Em relação ao texto “Reativação dos teleféricos, de Maria da Gloria Teixeira” publicado na última quarta-feira, dia 16 de março, as observações da arquiteta Carla Crocchi.

O desperdicio é sempre do outro!

Ah…Estes teleféricos deram o que falar. Quantos não questionaram os gastos que se investiram para facilitar a mobilidade dos ocupantes desvalidos de área ingremes. Aliás houve uma pendenga quanto a isto com importante politico ocupante de cargo na administração pública municipal. Leia mais

Reativação dos teleféricos, de Maria da Gloria Teixeira

Por Maria da Gloria Teixeira Rodrigues de Castro

Como podem os Teleféricos da cidade do Rio de Janeiro estarem parados há quase seis anos, com obras que custaram mais de R$ 300 milhões aos cofres da cidade, e que transportavam milhares de pessoas diariamente nos morros do Alemão e da Providência ?

Símbolos da reocupação do estado nas comunidades do Rio de Janeiro, os teleféricos do Alemão, na Zona Norte (inaugurado em 2011), e do Morro da Providência, no Centro (inaugurado em 2014), estão parados há quase seis anos e sem previsão de voltarem a funcionar. Leia mais