Museu de Arte do Rio abre acervo para visitas online na quarentena

Abigail de Andrade, “Figura de criança”, da segunda metade do século XIX

Fonte: Diário do Porto

O isolamento social é o melhor que cada um pode fazer contra a pandemia e seus efeitos dramáticos sobre o sistema de saúde. Pode ser também um tempo para ampliar reflexões, adquirir conhecimento e curtir a cultura. Em todo o mundo, instituições culturais estão abrindo o acesso a seus acervos online. O Museu de Arte do Rio – MAR entrou na onda e disponibilizou uma série de conteúdos digitais gratuitos para o público aproveitar o museu sem sair de sua residência. Leia mais

Recrutamento de Pós-Graduandos com experiência em Biologia Molecular

O Laboratório de Histocompatibilidade e Criopreservaçãoda Universidade do Estado do Rio de Janeiro estará envolvido na realização da testagem por PCR para o COVID19 em parceria com o LACEN (Laboratório Central Noel Nutels).

A partir de segunda-feira, a PPC realizará a coleta dos exames para a população atendida no HUPE-PPC pela equipe coordenada pelo Prof Rogerio Rufino.

Os pós-graduandos com experiência em Biologia Molecular que tiverem interesse na atuação como técnicos especializados na realização do teste de PCR para o COVID19 terão todo o treinamento, bem como atuarão em condições adequadas de biossegurança para a realização dos  exames. Leia mais

Confira o passo a passo para emitir o Certificado Internacional de Vacinação pela internet

Atenção aos prazos! A vacina contra febre amarela, por exemplo, deve ser tomada, no mínimo, dez dias antes da viagem.

Com informações da Anvisa e OMS

Ao fazer as malas para viajar, sempre nos esquecemos de alguma coisa. Então, é importante ficar atento, principalmente, com os documentos necessários para embarcar e desembarcar em outro país. Normalmente, quando se fala em viajar para o exterior, de imediato pensamos no passaporte e no visto, exigido por alguns países. No entanto, outro documento fundamental é o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Leia mais

6 dicas para descartar o lixo em casa de forma correta

Fonte: Site oceanoresiduos.com.br

Os números são altos. No Brasil são geradas 78,4 milhões de toneladas de resíduos sólidos por ano. Desses, 71 milhões de toneladas são descartados de forma inadequada. Para completar, a média de resíduos gerados por uma pessoa chega a um quilo por dia. E um dado alarmante: medicamentos, fármacos e embalagens de cosméticos, entre outros resíduos chamados de micropoluentes, além de perfurocortantes e infectantes gerados em nossas casas, são classificados como resíduos urbanos e, com isso, a lei afasta a obrigatoriedade do descarte adequado, permitindo que o mesmo seja feito no lixo comum. O assunto é tão sério que a ONU criou um grupo de estudo para criação de soluções inovadoras para a gestão do lixo doméstico. Leia mais

Museu de réplicas em Guaratiba encanta adultos e crianças

Fonte: Site Bafafá

No bairro de Guaratiba, na Zona Oeste, fica localizado o Museu de Réplicas Ronaldo J. Ribeiro, com exposição de cerca de 500 miniaturas produzidas pelo médico, artista e músico Roberto de Regina.

Aposentado da profissão de médico Roberto se dedica à arte. O acervo do museu é lindíssimo e inclui réplicas das principais catedrais e castelos europeus, do Vaticano, inclusive a Basílica de São Pedro, automóveis e trens antigos, o 14 Bis, de Santos Dumont e a Kitty Hawk, dos Irmãos Wright, aviões, embarcações como a Barca do Sol (usada no funeral do faraó Quéops, em 4500 A.C.) e a esquadra de Pedro Álvares Cabral, entre outros. Leia mais

Iphan disponibiliza gratuitamente milhares de publicações sobre patrimônio brasileiro

por 

Desde sua fundação em 1937, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) tem constituído e conservado um dos maiores acervos bibliográficos, documentais e iconográficos do Brasil. Ao todo, são 13 bibliotecas que guardam mais de 500 mil livros e periódicos, e estão interligadas entre si e às principais bibliotecas do país. Deste rico material, parte considerável está disponível online – e gratuitamente – na plataforma online do Instituto. Leia mais

Obras de André Luis Mansur

Neste mês de julho, as interessantes e agradáveis obras do jornalista e escritor André Luís Mansur estão em promoção. Três livros por R$ 45.

“Marechal Hermes, a História de um bairro”. (a História deste importante bairro do subúrbio carioca)

“Tiradentes Carioca” (as relações de Tiradentes com o Rio de Janeiro)

“A Praça”. (Seu primeiro romance, que se passa em boa parte na Praça Tiradentes) Leia mais

Centro Antigo do Rio recebe visita guiada por arquitetos; veja como se inscrever

Iniciativa gratuita é uma das ações do Comitê Executivo do Congresso Mundial de Arquitetos UIA 2020 RIO.

Por G1 Rio

Como uma das ações do 27º Congresso Mundial de Arquitetos da União Internacional dos Arquitetos (UIA), que acontecerá no Rio em 2020, será realizada uma série de visitas gratuitas guiadas por arquitetos pelas principais obras arquitetônicas da cidade – a primeira Capital Mundial da Arquitetura, em título da Unesco. Leia mais

Viajantes estrangeiros na Zona Oeste Carioca no século XIX, de Adinalzir Pereira Lamego

Já está à venda na Livraria da Travessa e no site da Letra Capital Editora o livro “Viajantes estrangeiros na Zona Oeste carioca no século XIX”, do professor  historiador Adinalzir Pereira Lamego.

Sinopse: 

Este livro se propõe a contribuir no levantamento dos relatos de viajantes estrangeiros no Rio de Janeiro do século XIX, e relacionar um conjunto de textos sobre a passagem desses viajantes pela chamada Zona Oeste Carioca. Leia mais

Análise do romance “A Praça” de André Luis Mansur

Neste artigo, a análise da escritora e jornalista Luciana Hidalgo sobre o romance “A Praça”, do jornalista e escritor André Luis Mansur. Vale a leitura.

UtilitáRio

“Acabei de ler seu romance agora e escrevo para dizer que é uma delícia de leitura. Para começar, adorei o fato de Luis Antonio ser um “passeador” (como não gostaria?). A ideia de centrar a maior parte do romance na Praça Tiradentes é ótima (o título do livro é perfeito). Leia mais

Reflexos da poluição na Zona Norte do Rio

17 de janeiro de 2019 – Texto de Hugo Costa

Assunto: Reflexos da poluição na Zona Norte do Rio

“Esta foto é no Canal do Cunha e não vai ser compartilhada nas redes sociais, não vai virar imagem icone sobre o descaso com os corpos hídricos cariocas e nem vai gerar qualquer ação de órgão público de cobrança de despoluição. Sabem por quê? Porque a foto é na Zona Norte do Rio, no trecho entre a Av. Brasil e a Baía da Guanabara, onde estão os menores IDHM do Rio de Janeiro, e totalmente fora da área do município que é considerada Cidade Maravilhosa. Leia mais

A História a um clique

O Instituto Rio Patrimônio da Humanidade publicou no site www.data.rio, a aplicação GIS “Patrimônio Cultural Carioca” que, além de apresentar uma breve história da proteção do patrimônio na Cidade do Rio de Janeiro e diversificado conteúdo sobre o trabalho desenvolvido pelo IRPH, também traz mapas georreferenciados (em GIS) e interativos que permitem consultar, aplicar filtros entre outras ferramentas de análise e pesquisa espacial sobre todo o acervo de Bens Tombados nas três esferas e governo, além de todas as áreas de proteção cultural, tais como as APACs, e seus Bens Preservados. Leia mais