Notícias sobre o Rio Carioca

Recentemente publicamos o registro do Rio Carioca com águas limpas, destacando inclusive o relato do engenheiro Antônio Guedes ao retratar um “momento raro de uma limpeza da água entrando na Baía”, tendo a foz do Rio Carioca com a maré.

Nesta terça-feira, o Diário do Rio de Janeiro publicou a notícia sobre a intensificação das ações de revitalização do Rio Carioca pela Prefeitura e pela Águas do Rio. Que venham os resultados.

UrbeCaRioca   

Prefeitura e Águas do Rio intensificam ações de revitalização do rio Carioca

Com 7,4 km de extensão, o rio Carioca, passa pelos bairros de Santa Teresa, Cosme Velho, Laranjeiras e Flamengo, até desaguar na Baía de Guanabara

Por Patricia Lima – Diário do Rio

Link original

O combate à poluição do rio Carioca tem sido um dos alvos preferenciais da concessionária Águas do Rio, que já tomou inúmeras providência para a revitalização do curso da água. Entre elas, está a ação na favela dos Guararapes, no Cosme Velho, na Zona Sul, onde está sendo realizado um controle do esgoto in natura lançado no rio. Com 7,4 km de extensão, o rio Carioca, passa pelos bairros de Santa Teresa, Cosme Velho, Laranjeiras e Flamengo, até desaguar na Baía de Guanabara. As informações são do Diário do Porto.

O presidente da Rio Águas, Wanderson Santos, ressaltou que, para ter sucesso na revitalização do Carioca, é preciso que haja uma parceria entre a Prefeitura e as concessionárias.

“Os investimentos das concessionárias são voltados exclusivamente para ligação de rede de água e de esgotamento sanitário, mas sabemos que para entrar em uma favela, por exemplo, precisa de urbanização. E por isso é tão importante o envolvimento da Prefeitura nesses projetos”, disse Wanderson Santos.

O Carioca, que nasce limpo no Parque Nacional da Tijuca, tem sido agredido através das ocupações desordenadas do seu entorno e do descarte irregular de lixo e esgoto nas suas águas. Desde maio, a Águas do Rio tem desviado o percurso do rio Carioca para o Interceptor Oceânico, como solução emergencial, para evitar despejo irregular do esgoto na praia. Simultaneamente, ela também tem realizado a limpeza do interceptor para aumentar sua vazão.

A instalação de um sistema de bombeamento emergencial na Praça do Índio, no Flamengo, foi outra medida preventiva adotada pela companhia, que vai fazer vídeoinspeções nas redes pluviais para detectar pontos de despejo de esgoto, além de fazer reversões dos pontos irregulares e obras emergenciais em favelas para diminuir as agressões ao rio Carioca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.