Ah! Meu Rio, o que dizer?

Haveria muito a dizer.

O noticiário mostra imagens assustadoras, desde o final da tarde de ontem, quando teve início o temporal fortíssimo que abalou a Cidade do Rio de Janeiro, trouxe morte, destruição, e muitas perdas materiais, estas o menor problema, diante do quadro geral. Quem estava em local seguro, permaneceu abrigado, não foi surpreendido por enxurradas e deslizamentos, e conseguiu chegar à casa, mesmo que de barco do Corpo de Bombeiros, caminhando através das águas enlameadas, ou pendurando-se em grades ao longo das calçadas, pode considerar-se pessoa de sorte. Leia mais

O Rio precisa mudar – um post sem palavras

Depois de Sem fios e sem calçadas, um post sem palavras sobre a guerra do Rio: da Rio-92 ao Rio-2017.

NOTAS:

Problemas acontecem hoje em diversas favelas da Cidade do Rio de Janeiro, o caso de mais visibilidade, na Rocinha, em São Conrado, devido à guerra entre facções que começou há uma semana e, possivelmente, devido à maior proximidade com o local onde ocorre o festival Rock in Rio. Cabe a este site lançar uma questão: em que o mau planejamento urbano ou a falta deste ou o planejamento inadequado; a ausência do Estado; a falta de controle urbano; a condescendência com o irregular; e o possível interesse pela manutenção do status quo, se relacionam com os acontecimentos que perduram por décadas? Leia mais

Novo Código de Zoneamento em estudo

Mudanças na lei de Zoneamento do Rio de Janeiro estão a caminho. A proposta da nova gestão municipal está  disponível no blog smuih.blogspot.com.br conforme texto abaixo enviado aos interessados.

A lei de Zoneamento é uma do conjunto de normas que definem como a cidade se desenvolve, do ponto de vista da ocupação do solo, tipo das construções e potencial construtivo. Isto é, estabelece também as medidas das construções futuras e eventuais restrições. É assunto técnico, porém que diz respeito a todos, pois interfere no dia-a-dia da população em muitos aspectos, até mesmo, por exemplo, quanto à iluminação natural de ruas e praças, conforme os novos volumes a serem erguidos. Leia mais