O PÍER: NEM O ‘Y’ CÁ NEM O ‘E’ LÁ

collectionphotos.com Nem ‘Y’ nem ‘E’. Esse píer parece mais um ‘V’. O ‘V’ de Vai e Volta, o ‘V’ de um bumerangue. Ontem à tarde, na Câmara de Vereadores, o presidente de Docas afirmou que só modificaria o projeto mediante ordem federal. Poucas horas depois a Ministra da Casa Civil decidiu apoiar o pedido do Prefeito do Rio – sim, o alcaide que não podia fazer mais nada, fez, então! Pediu para que o píer novo fosse afastado da área onde ficam os museus administrados pela Fundação Roberto Marinho. E parece que conseguiu! Post.Zitivo! Mas a polêmica que gerou o artigo ZONA PORTUÁRIA: O ALFABETO DO PÍER está longe de acabar. Tudo indica que o ‘Y’ vai continuar, empurrado “mais prá lá”. Mais importante do que os possíveis impactos visuais causados pelos navios – de qual ponto de vista, mesmo?(Leia mais)

ZONA PORTUÁRIA: o ALFABETO do PÍER

Blog Prof. Evangelista O artigo abaixo foi publicado ontem no Portal Vitruvius de Arquitetura e Urbanismo – seção Minha Cidade: trata da polêmica sobre a construção de um píer para a atracação de navios no Centro do Rio de Janeiro. No mesmo dia o jornal O Globo publicou a matéria ‘Contra tudo e contra todos‘ na qual o Prefeito da Cidade afirma que não tem o poder de decidir – deixando, portanto, que a Companhia Docas do Rio de Janeiro estabeleça os critérios de intervenção urbanística significativa. Infelizmente, a afirmação é inverídica. As decisões sobre o uso do solo cabem ao gestor municipal. Trata-se de mais um caso de subserviência às outras esferas de governo em detrimento da cidade, como aconteceu com a autorização para a demolição do antigo Museu do Índio, e o silêncio sobre a destruição do Quartel da(Leia mais)

SEMANA 06/05/2013 a 10/05/2013

“O importante órgão de Patrimônio Cultural manifestou-se além da sua competência. Desta vez não adiantou”. Trecho de JARDIM BOTÂNICO: O IPHAN, O MINISTÉRIO, O TCU e A JUSTIÇA Página Viajar pelo Mundo Publicações da semana que passou e textos mais lidos. Os posts imediatamente anteriores, o artigo de Gisela Santana sobre o licenciamento de edificações na Cidade do Rio de Janeiro, e o desfecho do caso das ocupações irregulares no Jardim Botânico. A CrôniCaRioca homenageia as mães cariocas e brasileiras, com memórias sobre as comemorações do Dia das Mães. Boa leitura.  Blog Urbe CaRioca Segunda, 06/05/2013SEMANA 29/04/2013 a 03/05/2013 SEMANA 22/04/2013 a 26/04/2013: O BLOG ANIVERSARIA, O POST MAIS LIDO, E O ROAD-SHOW DA MARINA NO IAB CAMPO DE GOLFE: VERGONHA, VERGONHA! LICENÇA CONCEDIDA MUITAS NOTÍCIAS URBANO-CARIOCAS EM 30 DE ABRIL DE 2013 Artigo: MINHA CASA NO PAÍS DO CARRO ZERO,(Leia mais)

JARDIM BOTÂNICO: O IPHAN, O MINISTÉRIO, O TCU e A JUSTIÇA

Em 10/04/2013 publicamos o texto PATRIMÔNIO DO RIO: DECISÕES ALÉM DA COMPETÊNCIA, a respeito de duas manifestações recentes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN: sobre o projeto para ocupação da Marina da Glória com Centro de Convenções e Shopping, e sobre o caso do Jardim Botânico, onde as discussões que envolvem a permanência ou não de casas construídas irregularmente se arrastam há décadas. Ontem foi veiculada notícia sobre decisão do Ministério do Meio Ambiente segundo a qual a maior parte das construções será demolida – em respeito à área tombada que é o belíssimo parque público com mais de 200 anos – permanecendo apenas um grupo de construções conhecido por Dona Castorina por ficar junto à Estrada de mesmo nome, em área considerada fora dos limites protegidos. Pode ser coincidência ali morar a família do político(Leia mais)

Artigo: MINHA CASA NO PAÍS DO CARRO ZERO, por Sérgio Magalhães

Reproduzimos o artigo do professor e arquiteto Sérgio F. Magalhães publicado no jornal O Globo em 27/04/2013 que faz uma reflexão sobre a falta de crédito para construção de moradias em contraponto às facilidades ofertadas aos interessados na compra de automóveis, enquanto a política habitacional brasileira em “setenta anos, promoveu apenas 20% das moradias urbanas — somando tudo que foi construído por todos os governos, em todas as instâncias, mais o que foi financiado pelo BNH, Caixa e todos os bancos privados”, conforme consta no texto. Os dados instigam o leitor ao debate. Obs: Imagens incluídas pelo blog. Urbe CaRioca Página Notícias de Itaúna MINHA CASA NO PAÍS DO CARRO ZERO Sérgio Magalhães Preocupada com a qualidade de obras do programa Minha Casa Minha Vida, a presidente Dilma Rousseff declarou: “Eu não fui eleita para dar casa de qualquer jeito(Leia mais)

A SEMANA – 08/04/2013 a 12/04/2013: Artigo de L. F. Janot, Patrimônio Cultural, e as CrôniCaRioquinhas

“…cabe ao IPHAN opinar apenas se uma lei urbanística geral – zoneamento e índices urbanísticos de um bairro -, ao incidir sobre um bem tombado, na vizinhança deste, ou na sua área de influência, poderá causar interferências”. Trecho de PATRIMÔNIO DO RIO: DECISÕES ALÉM DA COMPETÊNCIA   Jardim Botânico do Rio de JaneiroImagem: Rio Film Comission Publicações da semana que passou e textos mais lidos. Os posts imediatamente anteriores, o artigo do Janot, e as explicações e análise sobre as manifestações equivocadas e indevidas dos órgãos de proteção do patrimônio cultural, que o tem desprotegido! E, as CrôniCaRioquinhas: poucas linhas que trazem assuntos do cotidiano-legislativo-curioso-positivo-danoso… urbano-carioca. Boa leitura! Blog Urbe CaRioca   Segunda, 08/04/2013 A SEMANA – 01/04/2013 a 05/04/2013 – Torre do BNDES,  Marina da Glória, e Mais Trambolhos 25/03/2013 a 29/03/2013– Mais Marina, Trambolho na Lagoa, Semana Santa MARINA DA(Leia mais)

SEMANA SANTA, SEMPRE EM PETRÓPOLIS

                                                                                                                                                                                     CRÔNICARIOCA Desde que me entendo por gente, na Semana Santa vou a Petrópolis, a cidade de Pedro, nosso imperador. Se fiquei no Rio de Janeiro três vezes, foi muito. Catedral de São Pedro de Alcântara, Petrópolis.Foto de Waldyr Neto no blog Visitar Petrópolis No feriado religioso a subida da serra com(Leia mais)