O Metrô-Tripa, a Estação Gávea, e o Túnel do Tempo

Mais uma vez o governo estadual do momento anuncia a retomada de obras para a conclusão da Estação Gávea, a que era “pra olimpíada” e acabou abandonada e inundada. O prefeito da época é o mesmo. O presidente da época é o mesmo. O governador da época estava preso e já goza de liberdade. Quem sabe a conjunção inimaginável é um sinal de que a Linha 4 verdadeira, de Botafogo à Gávea via Humaitá e Jardim Botânico, será, finalmente, construída? Urbe Carioca   Estado planeja retomar obras do metrô da Gávea após prazo de validade de inundação ter vencido Estrutura de 55 metros de profundidade foi alagada em 2017 para garantir estabilidade da construção e evitar a corrosão Por Luiz Ernesto Magalhães — O Globo – 04.01.2022 Link original Reeleito, o governador Cláudio Castro anunciou em entrevista ao GLOBO no(Leia mais)

Novo capítulo da Estação Gávea – Justiça autoriza conclusão da Linha 4 pelo governo

Mais uma capítulo envolvendo as obras da estação de metrô da Gávea, na Zona Sul do Rio. No início do semestre, o governador do Estado anunciou que o buraco cavado para a construção da referida estação seria aterrado. Em seguida, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) entrou com uma ação civil pública para que as obras da Linha 4 do metrô fossem retomadas. Já, no fim de setembro, o governador Wilson Witzel recuou e afirmou um dos principais entraves para a continuidade das obras — a falta de recursos — seria solucionado utilizando-se dinheiro recuperado da Lava-Jato e parte da arrecadação dos royalties do petróleo. Na última semana, em matéria publicada originalmente no “O Globo”, a Justiça do Rio permitiu ao governo investir e concluir a Linha 4 do metrô. Vale destacar que a Linha 2 precisa também ser concluída, ja que(Leia mais)

Metrô: Linhas Cruzadas

Há algum tempo, este Urbe CaRioca não traz à tona novas questões relativas ao metrô do Rio, aquele que chamamos de “metrô tripa”. Em muitas ocasiões, nosso site repetiu à exaustão que o alardeado projeto da Linha 4 do Metrô – obra apresentada também como ‘legado olímpico’ – é, na verdade, a extensão da Linha 1 pelos bairros de Ipanema e Leblon até a Gávea. Na verdade, a Linha 4 deveria ligar o Centro à Gávea via Botafogo, Humaitá, Jardim Botânico e Gávea e, a partir da Estação Gávea, seguir em direção à Barra da Tijuca, conforme o traçado da Linha 4 verdadeira, o que teria trazido inúmeros benefícios para a mobilidade urbana da Cidade do Rio de Janeiro, compreendendo um legado real para os cariocas. Hoje, entretanto, temos a situação da Estação Gávea sem conclusão – com as obras paradas desde(Leia mais)

BOTAFOGO – MORADORES QUEREM RUA NELSON MANDELA COMPLETA. COM RAZÃO.

A Associação de Amigos e Moradores de Botafogo – AMAB organizou manifestação pela construção e abertura da continuação da Rua Nelson Mandela, trecho não executado que corresponde ao terreno onde funcionou um canteiro de obras da construtora Odebrecht. O evento está marcado para o próximo dia 10 de junho, às 11 horas, em frente ao terreno Rua Prof. Álvaro Rodrigues, ao lado do mercado Hortifruti. A Rua Nelson Mandela pode ser considerada prosseguimento da Rua Muniz Barreto, ambas abertas em função das obras de construção do Metrô do Rio de Janeiro, no bairro de Botafogo. Já foi executada (1) entre as ruas São Clemente e Voluntários da Pátria; (2) entre a Rua Voluntários da Pátria e a Rua Professor Álvaro Rodrigues; (3) dali deveria prosseguir até a Rua General Polidoro e, em sequência, unindo-se à Rua Fernandes Guimarães que seria(Leia mais)

METRÔ DO RIO – A LINHA TRIPA 1 + 2 + 4 e o Tolypeutes parado

Tripa (Dicionário Houaiss, acepção 5) Regionalismo: Brasil – Uso: informal – O que apresenta formato alongado e estreito; tira. Ex.: uma t. de pano     Segundo o blog Metrô do Rio (Não oficial) “A mudança no traçado, a necessidade da compra do tatuzão, entre outras lambanças nunca foram explicadas tecnicamente. Suas respostas começam a aparecer”. O texto está na postagem que tem título forte: Corrupção na Linha 4. A primeira parte do comentário refere-se à mudança no traçado original da Linha 4 – diversas vezes explicado neste blog – que ligaria o Centro à Barra da Tijuca via Botafogo/Humaitá/Jardim Botânico, dando-se início ao que poderia ser considerada uma pequena rede de metrô, trajeto trocado pela inexplicável extensão da Linha 1, da Estação General Osório (Ipanema) à Estação Jardim Oceânico (Barra da Tijuca). Da Linha 4 original foi construído apenas(Leia mais)

MAIS METRÔ – ENTREVISTA ENG. WILLIAM DE AQUINO AO O GLOBO

  Dando continuidade ao tema que ocupou a grande mídia e foi comentado neste blog em três postagens recentes, divulgamos aqui a entrevista do engenheiro William de Aquino, da Associação Nacional de Transportes Públicos-ANTP, concedida ao jornalista Guilherme Ramalho, do jornal O Globo, e publicada nas redes sociais.   Abaixo, o vídeo da entrevista e links para os posts citados.

METRÔ DO RIO DE JANEIRO – O GLOBO CONCORDA COM BLOG URBE CARIOCA

Linha 4 original – Concessionária Rio Barra S.A. Editorial do jornal O Globo de hoje diz: Expandir metrô até o Recreio é grande equívoco   Ontem publicamos mais um dos muitos posts sobre o Metrô do Rio de Janeiro, assunto recorrente neste blog desde a sua criação, em abril/2012, época em que as obras de expansão da Linha 1 por Ipanema e Leblon, falsamente batizadas de Linha 4, ainda não haviam começado.

PEDIDO AO PREFEITO: 8 – O METRÔ NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Em princípio parecia que a futura administração municipal da urbe carioca apoiaria o governo estadual quanto à conclusão da obra da Estação Gávea do Metrô, com a inclusão de verbas orçamentárias na previsão para 2017 (O Globo,07/12/2016). O prefeito havia sido eleito um mês antes desse anúncio. Entretanto, no início do mês em curso, o já empossado prefeito do Rio de Janeiro criou uma comissão “para ajudar nas obras da Linha 4 do Metrô”, segundo noticiário na grande imprensa, com participantes das Secretarias de Transportes, Casa Civil, Urbanismo, Infraestrutura e Habitação, Conservação e Meio Ambiente, e Planejamento Estratégico: com novas declarações ficou esclarecido que a ajuda não seria com recursos, mas, com parcerias para apoio operacional. Sendo o Secretário de Transportes conhecido engenheiro especialista no assunto, inclusive com participação profissional durante as primeiras fases de implantação deste modal na cidade,(Leia mais)

O MÊS NO URBE CARIOCA – SETEMBRO 2016

Linha 4 Original O mês de SETEMBROcomeçou no blog sem pedidos aos candidatos à Prefeitura do Rio. Depois das eleições, entretanto, já fizemos vários. Estão nas postagens de dezembro. Um dos recordistas de acesso foi METRÔ – O QUE A ESTAÇÃO GÁVEA DISSE PARA A ESTAÇÃO CARIOCA? o que, mais uma vez, demonstra a insatisfação do carioca com o transporte público na cidade. A polêmica sobre a construção de uma Arena Multiuso no terreno utilizado pelo Clube Flamengo continuou, e a obra foi autorizada. A Escola Municipal Friedenreich seria demolida por ato do prefeito do Rio para beneficiar o consórcio de empreendedores então candidato a remodelar e gerir o Maracanã, conforme pretendido pelo governo estadual. Mas, foi mantida após manifestações contrárias da população: governador e prefeito desistiram da empreitada, felizmente. A escola recebeu a melhor nota da rede municipal no(Leia mais)

O MÊS NO URBE CARIOCA – JULHO 2016

LINHA 2 – DIAGRAMA: Atílio Flegner Dos assuntos tratados no mês de JULHO/2016 vários continuam atuais. O Metrô do Rio é tema que, parece, jamais sairá da pauta. Agora, com o Estado do Rio de Janeiro oficialmente “quebrado” e um pacote de remédios amargos que querem corrigir desmandos e gastos excessivos também à custa de reduzir o salário dos servidores, o sonho de concluir as estações GÁVEA, CRUZ VERMELHA, SÃO JOÃO E CARIOCA, como descrito no artigo de Miguel Gonzalezfica cada vez mais distante. Será que Linha 1 esticada, batizada erroneamente de Linha 4, obra muitíssimo mais cara do que o projeto original, contribuiu para que o Estado fosse à bancarrota? As dívidas contraídas com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos já aparecem, muito embora os gestores públicos houvessem alardeado que as finanças da Prefeitura iam muito bem, obrigado. Até o(Leia mais)

METRÔ – O QUE A ESTAÇÃO GÁVEA DISSE PARA A ESTAÇÃO CARIOCA?

A considerar o relato de Atilio Flegner publicado na página do Facebook Metrô que o Rio Precisa reproduzido a seguir, o fato de que as obras da Estação Gávea foram paralisadas, e a divulgação sobre a existência de uma segunda plataforma na Estação CaRioca – nunca entregue ao público porque a Linha 2 jamais foi concluída (trecho Praça XI – Carioca) -, a resposta à pergunta do título se encaixa na velha piada: “Eu sou você amanhã”! Agradecemos a Atilio Flegner por autorizar a reprodução do texto, e lembramos que todos os posts neste blog que tratam sobre transporte público na Cidade do Rio de Janeiro têm grande repercussão: o artigo de Miguel Gonzalez UM PROJETO REAL E VIÁVEL PARA O METRÔ DO RIO publicado em 27/06/2012 ainda é um dos mais acessados, o que demostra a preocupação do carioca(Leia mais)

OLIMPÍADAS RIO 2016 NO RIO DE JANEIRO, A URBE CARIOCA!

O blog Urbe CaRioca, durante longos meses que antecederam o início dos Jogos Olímpicos Rio 2016 teve a oportunidade de registrar, com pesar, é claro,  fatos que, a seu juízo, mereceram críticas ou reparos relacionados com aspectos urbanísticos e ambientais, aparente desperdício de dinheiro público, oportunidades desperdiçadas (como a prometida e não cumprida limpeza da baía de Guanabara, a conclusão da Linha 2 do Metrô, e a construção da Linha 4 original), bem como fatos relacionados à farta distribuição de “benesses urbanísticas”, consagrada pela frase antológica do prefeito durante conhecida entrevista: “Tudo é pra Olimpíada mesmo que não tenha nada a ver com Olimpíada”. Cristo Redentor, Rio de JaneiroFoto: Urbe CaRioca Hoje, véspera da abertura oficial para os Jogos da Rio 2016 o Urbe CaRioca não poderia deixar de registrar o desejo de que o maior evento esportivo internacional que(Leia mais)