O Hotel Glória foi-se. O Hotel Copacabana Palace, quase – nos anos 1980.

O caso e o ocaso do Hotel Glória em nome dos Jogos Olímpicos, de passado destruído, presente abandonado e futuro incerto, foi objeto de várias postagens neste espaço urbano-carioca. Para o Glória, quem sabe ainda reste uma fachada com o miolo refeito. História que muitos desconhecem é a que na década de 1980 seu irmão, o Hotel Copacabana Palace, por pouco não teve destino igual ou pior: dele nada restaria. É o que nos conta Maximiliano Zierer no artigo abaixo reproduzido. Cabe lembrar que, posteriormente houve nova tentativa de modificar o conjunto, quando seriam demolidos o Anexo e o Teatro, e mantido o prédio principal, projeto de outro famoso escritório de arquitetura, felizmente também sem êxito. Boa leitura.[...] Leia mais

O Feriado e a Praça, de Washington Fajardo

Bom artigo do arquiteto, publicado no jornal O Globo de hoje: História do Brasil e do Rio de Janeiro, memória urbana, e um projeto de revitalização que está dando certo. Que se multiplique! Boa Leitura.

Urbe CaRioca


O Feriado e a Praça

Washington Fajardo

A Praça Tiradentes é a prova de que é possível revitalizar espaços históricos. A perda de continuidade, no entanto, pode levar à perda de vinte anos de trabalho público[...] Leia mais

PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DO RIO DE JANEIRO EM SITUAÇÃO DE RISCO

O grupo S.O.S. Patrimônio, sempre atuante em defesa dos bens culturais construídos no Estado e no Município do Rio de Janeiro divulgou lista dos imóveis e mobiliário urbano que estão em situação de risco, que será entregue pelo Fórum Faz Cultura ao Ministro da Cultura no próximo mês de março.

O trabalho, em fase final de elaboração, é fruto de das denúncias e enquetes realizadas pelo grupo desde 2014. Nas próximas semanas a lista será atualizada pelo S.O.S. Patrimônio definindo-se a ordem de prioridade para o restauro ou providência cabível ao bom funcionamento e preservação dos bens relacionados, e novamente divulgada por este site.[...] Leia mais

Trilhos novos, antigos trilhos

Mais uma vez, as obras para instalação do sistema VLT revelam a os trilhos dos seus antecessores, os bondes elétricos que circularam no Rio de Janeiro do final do Século XIX até meados da década de 1960: desta vez na Avenida Marechal Floriano, Centro, como pode ser visto nas fotografias abaixo, de Paulo Clarindo (v. tb. “Vendo o Rio, 2018 – o terreno da antiga Cia. Ferro-Carril Jardim Botânico” – 10.01.2018)[...] Leia mais

OUTRAS NOTÍCIAS DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE SEPETIBA, de Cláudio Prado de Mello

Dando continuidade ao post “O Rio começa em Sepetiba”, mais um artigo do arqueólogo Cláudio Prado de Mello com registros importantes sobre a história do Rio de Janeiro, reveladas através de estudos arqueológicos na Zona Oeste da cidade. Boa leitura.

Urbe CaRioca

OUTRAS NOTÍCIAS DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE SEPETIBA
FATOS EXTRAORDINÁRIOS DE UM RIO QUE COMEÇA EM SEPETIBA

Cumprindo a obrigação de todo cidadão brasileiro no exercício de seus deveres frente à preservação do Patrimônio… temos noticias excelentes a dar ! Tendo o sitio arqueológico permanecido oculto durante centenas de anos, um deslizamento de contenção e de encosta (devido às recentes chuvas) revelou suas camadas arqueológicas que chamou a atenção da turismóloga Telma Lopes.[...] Leia mais

São Pedro do Encantado, destombamento pelos vereadores do Rio, de Sonia Rabello

A advogada, professora e ex-vereador aponta os meandros e questiona mais um estranho “destombamento”, em artigo publicado originalmente no site A Sociedade em Busca do seu Direito – reproduzido abaixo – cuja leitura é imprescindível.

A medida aprovada pelos ilustres vereadores da cidade do Rio de Janeiro, ao apagar das luzes do ano legislativo, será objeto de recurso apresentado pelo atento grupo S.O.S. Patrimônio junto ao Ministério Público do Rio de Janeiro como divulgado no último dia 06 (O Globo, Caderno Bairros). Comentamos o assunto em Cine Guaraci, em Rocha Miranda, Rio de Janeiro – E a Igreja de São Pedro, no bairro do Encantado.[...] Leia mais

O RIO COMEÇA EM SEPETIBA, de Cláudio Prado de Mello

Mais um artigo do arqueólogo Cláudio Prado de Mello traz notícias importantes sobre a história do Rio de Janeiro, reveladas através de estudos arqueológicos na Zona Oeste da cidade. Boa leitura.

Urbe CaRioca

O RIO COMEÇA EM SEPETIBA

Apesar de muitos acharem o contrário, Sepetiba não é um Município do Estado do Rio de Janeiro, e, sim um bairro do Município do Rio de Janeiro. Sepetiba não é O Último bairro do Rio de Janeiro, mas sim o primeiro! Com essa afirmação começamos a mostrar um pouco sobre sua história e importância no contexto histórico e arqueológico.[...] Leia mais

A DEGRADAÇÃO DA ARQUITETURA IMPERIAL CARIOCA, de Alexei Bueno

O autor, defensor da memória urbana e dos bens que constituem importante Patrimônio Cultural, Alexei Bueno foi diretor doInstituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). O título do artigo é autoexplicativo. Escrito há um mês, é o texto que escolhemos reproduzir para abrir 2018 neste espaço urbano-carioca.

Boa leitura.

Urbe CaRioca

A DEGRADAÇÃO DA ARQUITETURA IMPERIAL CARIOCA

Alexei Bueno[...] Leia mais

Estação Imperial de São Cristóvão – Patrimônio abandonado, de Claudio Prado de Mello

Importante análise do arqueólogo Cláudio Prado de Mello chama a atenção para a importância histórica da construção. A Prefeitura do Rio de Janeiro poderia se interessar em restaurar o prédio mediante convênio caso o imóvel seja Próprio Federal, ou esteja sob a tutela da Supervia. O terreno está sendo usado como estacionamento de veículos.

Urbe CaRioca

ESTAÇÃO IMPERIAL DE SÃO CRISTOVÃO – PATRIMÔNIO ABANDONADO[...] Leia mais

CRIME CONTRA O PATRIMÔNIO DA CIDADE DO RIO: PALACETE SÃO CORNÉLIO, de Sonia Rabello

E o relato de Claudio Prado de Mello
O Palacete São Cornélio, que fica na Rua do Catete nº 6, é bem tombado federal. Pertence à Santa Casa de Misericórdia. Está abandonado há anos.

SOBRE LUMINÁRIAS ANTIGAS NO SAARA, CENTRO DO RIO DE JANEIRO, de Júlio Reis

Foto: Julio Reis, Junho 2016

Os posts relativos ao Patrimônio Cultural carioca sempre têm grande repercussão. Recentemente publicamos O PATRIMÔNIO CULTURAL REQUER ATENÇÃO! LISTA INICIAL, =&1=&, =&2=&e CRUZ VERMELHA E GABARITOS – ALERTA VERMELHO, OUTRA VEZ. =&4=&