ENTERRANDO AS CICATRIZES CARIOCAS, de Hugo Costa

O geógrafo Hugo Costa analisou a proposta da Prefeitura do Rio que pretende permitir construções sobre as linhas férreas do Rio de Janeiro, com o intuito de integrar partes de bairros que são ou foram separadas por aquelas intervenções, ideia que também se aplicará a um trecho da Avenida Presidente Vargas. O autor apresenta um breve histórico sobre a formação dessas áreas e questiona alguns aspectos relacionados. Boa leitura. Urbe CaRioca    ENTERRANDO AS CICATRIZES CARIOCAS Qual o objetivo da desobstrução dos bairros cariocas causada pelos trilhos do transporte público. Criar Áreas Verdes e Parques Públicos, ou mais uma vez a Prefeitura atenderá ao capital especulativo na cidade do Rio de Janeiro? Recentemente veio a público, outra vez, a ideia de reconectar dois lados de vários bairros cariocas historicamente cortados por linhas férreas. A divisão derivou-se basicamente de dois modelos:(Leia mais)

RIO DE JANEIRO – O PREFEITO, A PREFEITURA, E O URBANISMO

Em um dos 10 PRIMEIROS PEDIDOS AO NOVO PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO perguntamos E O URBANISMO NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO?. Trecho: “Além de modificar a estrutura administrativa, a lista de decretos também contém algumas medidas, e muitas propostas sobre questões fiscais e financeiras, segurança pública, áreas de saúde e educação, transportes, setor cultural, meio ambiente, e assistência social. Chama a atenção a ausência de menção às questões urbanas, fora a intenção de criar um parque na Zona Oeste e exigir um laudo para obras de grande porte, coisa que já existe. Por isso a pergunta deste blog: Sr. Prefeito, e o Urbanismo?” Cinco meses após iniciado o novo governo municipal, este blog procurou respostas na entrevista com o alcaide publicada há dois dias (OG, 11/06). Encontrou o que segue. ‘Precisei cortar despesas’, diz Crivella em entrevista ao(Leia mais)

O SAMBA E A PRAÇA ONZE, de Cleia Schiavo Weyrauch

Internet No último domingo, quando preparamos este artigo da conhecida socióloga para publicar no blog, escolhemos os vídeos com os sambas sobre a Praça Onze indicados pela autora. De início, o ‘Rancho da Praça Onze’ seria apresentado com a gravação de Dalva de Oliveira. Mas decidimos trocar pela interpretação de Cauby Peixoto, o cantor icônico e original, de vozeirão aveludado inconfundível. Pela manhã de segunda-feira, dia 16/05, já estava em todos os noticiários e redes virtuais a notícia sobre a morte do cantor único, que estava com 85 anos. Nossos agradecimentos a Cleia Schiavo Weyrauch, e uma homenagem a Cauby Peixoto, sem demérito para a grande Dalva de Oliveira!  Urbe CaRioca Herivelto Martins e Grande Otelo – Praça Onze – com imagens – Youtube O SAMBA E A PRAÇA ONZE Cleia Schiavo Weyrauch CIDADE E CULTURA As obras de modernização do(Leia mais)