ZONA PORTUÁRIA – FALTA HABITAÇÃO, FALTAM PROJETOS, SOBRAM CEPACS

Em 2011, a advogada e professora Sonia Rabello escreveu ‘Índices Construtivos Públicos Serão Mercadorias Monopolizadas’ e questionou a compra das CEPACS em ‘Negócios no Porto Maravilha: Publicizando os Riscos’Em 22/10/2012 a imprensa informou que não houve muito interesse pelas CEPACs. Neste Blog, demos destaque para o caso do Banco Central, cuja lei especial foi aprovada posteriormente à divulgação do texto. Trecho de =&1=&
Zona Portuária – gabaritos de altura conforme Lei Complementar nº 101/2009
=&2=&

PORTO MARAVILHA SEM PERIMETRAL/METRÔ/TÚNEIS/VLT e COM ENGARRAFAMENTO

Com documentários do Instituto FavelArte
uol
Do ponto de vista estético e de qualidade da paisagem carioca não há dúvidas de que o Elevado da Perimetral deveria ter sido demolido – até mesmo independentemente do projeto chamado Porto Maravilha. Entre outros aspectos como o possível prejuízo à mobilidade urbana, dúvidas quanto à absorção do tráfego, pelas demais vias, dos fluxos viários eliminados, as relações custo x benefício, ser ou não prioritário entre as muitas ações governamentais de que o Rio precisa envolveriam a análise técnica de especialistas e alguma subjetividade, este fator sempre presente em determinadas decisões políticas.

Jornal do Brasil on line
Se era o momento adequado, será uma
eterna indagação. Decidido está. A luz do
sol retornará. Tomara que as árvores
voltem. E cresçam rapidamente.

Urbe CaRioca


Vários desses aspectos foram questionados ao longo do processo que levou à demolição do viaduto, o que não mais cabe: o desaparecimento da obra gigantesca que começou a ser construída no final dos anos 1950 (primeiro trecho entre o Aeroporto Santos Dumont e a Candelária, no Centro) foi efetivado e está em fase final de conclusão.



Quanto a provocar a piora no já caótico trânsito do Rio de Janeiro, as previsões se confirmaram, sendo incompreensível a eliminação de uma via estrutural importante – embora fosse um monstrengo que colaborou para a degradação do ambiente urbano – antes que os sistemas que a substituiriam estivessem completos: a Via Binário, que já nasceu engarrafada e alaga em dias de chuva, os túneis não construídos, um VLT de primeiro mundo que vai até melhorar a assistência médica… Tudo funcionará em 2016, dizem os responsáveis!



[...] Leia mais