HOTÉIS – BENESSES URBANÍSTICAS E TRIBUTÁRIAS SERÃO RENOVADAS


…a mesma Prefeitura praticamente autorizou a demolição do Hotel Glória.

Foto de leitor publicada na coluna Gente Boa do jornal O Globo em 20/11/2015
HOTÉIS “PRA OLIMPÍADA” – SEM SURPRESAS

Evidentemente a Prefeitura não poderia mandar demolir os hotéis e congêneres beneficiados pelas leis que ficaram conhecidas por PACOTE OLÍMPICO 1 caso as construções não obtivessem habite-se até 31/12/2015. Tampouco poderia cobrar todos os impostos e taxas que foram dispensados à custa do contribuinte e da cidade. Evidentemente existia o risco de que muitas dessas obras não ficassem prontas até dezembro de 2015, conforme exigido na bondosa lei.

Por isso não é surpresa que estejam na ordem do dia na Câmara de Vereadores um projeto de lei complementar e um projeto de lei que resolverão qualquer situação constrangedora porventura decorrente da aplicação da fria letra da lei aprovada especialmente para o setor imobiliário nos idos de 2010.

Cabe indagar o que será feito em relação ao Hotel Nacional, detentor, na ocasião, de privilégio especialíssimo, muito maior do que os previstos para os demais hotéis: na torre cilíndrica projetada por Oscar Niemeyer as obras mal começaram. Leia mais

O MÊS NO URBE CARIOCA – JANEIRO 2016

Praia de Ipanema vista do Arpoador. Foto: Camila de Albuquerque, 2012


 

No mês de JANEIRO/2016 teve várias postagens tiveram enorme repercussão, por exemplo, RIO COMPRIDO, O BAIRRO QUE AMAMOS! – PARTE 1, de Sheila Castello e A GARAGEM POULA, de Luiz Eduardo Pinheiro.

RECLAMILDA escreveu PARA SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO no dia 20 daquele mês, pois havia muito que contar ao Padroeiro da cidade no seu dia.

O caso do Hotel Glória e do antigo TRIÂNGULO DO Sr. X voltou às páginas, bem como o prejudicial PEU Vargens, um dos responsáveis pelo alagamento do Museu do Pontal, lei que está em vias de receber uma nova versão, que já está na Câmara de Vereadores: o PLC nº 140/2015.


Neste tema, agradecemos ao arquiteto Canagé Vilhena pelo artigo que analisa o referido Projeto de Lei Complementar e as possíveis consequências para a região, onde a concessão de licenças de obras continua suspensa.

A ARQUIBANCADA – DITA PROVISÓRIA – NA LAGOA RODRIGO DE FREITAS Leia mais

O HOTEL GLÓRIA, OS ÁRABES, E O TRIÂNGULO DO Sr. X

Hotel Glória após a demolição do Teatro Glória e da parte interna da construção.
Foto: Folha de São Paulo

Segundo informa o jornal O Globo de hoje, um fundo árabe adquiriu o finado Hotel Glória (e mais parte da OSX, empresa naval do grupo X), e pretende ressuscitá-lo, o que é uma ótima notícia para a Cidade do Rio de Janeiro, muito embora saibamos que a glória do Glória e o teatro de mesmo nome jamais retornarão.
Quem acompanha este blog conhece a história sobre o “Triângulo da EBX-REX” e também o polêmico Projeto Impossível que quase foi aprovado para ocupar espaços públicos na Marina da Glória com um complexo comercial. =&4=&

SEM GLÓRIAS – DOIS FINADOS HOTÉIS E A MARINA

=&0=&=&1=&

Folha de São Paulo
Em 2013/2014 a tentativa – mais uma – de construir um empreendimento de grande porte na Marina da Glória, situada no Parque do Flamengo, objeto de polêmica, críticas negativas e alguns debates, foi tema de várias postagens neste blog. Entre os muitos aspectos analisados apontamos que a proposta de criar um Centro de Convenções, restaurantes, lojas e centenas de vagas de veículos, naquela área pública, era parte de um conjunto que extrapolava os limites do parque, na figura que chamamos de O TRIÂNGULO DA EBX-REX: HOTEL GLÓRIA, HOTEL PARQUE DO FLAMENGO E MARINA DA GLÓRIA. =&2=&