A Ciclovia que nasceu errada

Além de erro urbanístico, paisagístico e estrutural, para citar o mínimo, agora é objeto de furto. Mais uma vez, dinheiro público rasgado em nome dos Jogos Olímpicos, sem que responsáveis sejam responsabilizados.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo que circula nas redes sociais feito por um ciclista e também na matéria do jornal “O Dia”.

Urbe CaRioca

Abandonada, ciclovia Tim Maia é alvo de saqueadores Leia mais

Chafariz do Lagarto – Cariocas em prol do patrimônio cultural

No último sábado, dia 23 de junho, membros do SOS Patrimônio e do Movimento de Resgate do Patrimônio promoveram um ato público de confraternização e restauração do Chafariz do Lagarto, na Rua Frei Caneca, construído há 232 anos, pelo mestre Valentim. Uma ação de revitalização em defesa do patrimônio cultural da Cidade do Rio de Janeiro. Vejam os registros e mais detalhes na publicação de “O Globo”. Leia mais

Derrubada de árvores recém plantadas em Manguinhos

23 de junho de 2018 – Divulgado por Hugo Costa 

Assunto: Derrubada de árvores recém plantadas para construção de lojas em alvenaria em área pública em Manguinhos

“E continua crescendo sem ação alguma da Prefeitura do Rio de Janeiro. Em breve, ocupará toda área pública, que já tinha uma comunidade e custou muito aos cofres públicos desapropriar para dar uso: um Parque Inundável contra as históricas enchentes do Rio Faria Timbó.” Leia mais

Prefeito e Vereadores que massacraram o servidor público municipal

Nesta semana, em uma sessão que ocorreu em meio a protestos de servidores que lotaram as galerias da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, por 28 votos favoráveis contra 20, vereadores aprovaram, em primeira discussão, a taxação de inativos da Prefeitura do Rio. A segunda discussão do projeto de lei complementar ocorrerá na próxima semana, provavelmente na terça-feira, dia 26.

O projeto de lei complementar 59/2018 institui a cobrança de alíquota previdenciária de 11% sobre aposentados e pensionistas que ganham acima de R$ 5.645,80 (teto do INSS). Leia mais

“Morro e Mirante do Pasmado no caminho da proteção da Paisagem Cultural Mundial”, de Sonia Rabello

No artigo publicado no site “A Sociedade em Busca do seu Direito”, a professora e advogada Sonia Rabello destaca as manifestações lidas na reunião do Comitê Gestor da Paisagem Cultural Mundial do Rio, na última terça-feira, dia 19 de junho. Na ocasião foi lido o parecer do técnico do IPHAN, no qual é negado a pretensão de se construir uma edificação no Morro / Mirante do Pasmado. “As reações da sociedade merecem e devem ser ouvidas”, afirma. Confira abaixo: Leia mais

Morro do Pasmado – IPHAN protege a paisagem e nega a construção

Decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN

PARECER TÉCNICO nº 108/2017/COTEC IPHAN-RJ/IPHAN-RJ

ASSUNTO: Memorial do Holocausto

​REFERÊNCIA: Proc. 01500.900598/2017-17

Rio de Janeiro, 29 de novembro de 2017.

Trata-se de solicitação formulada pela Sra. Subsecretária de Urbanismo/UIH/SUBU, Verena Vicentini Andreatta, para que o IPHAN-RJ analise o Projeto de Memorial às Vitimas do Holocausto, ” a ser implantado em área do Parque Yitzak Rabin, Morro do Pasmado, bairro de Botafogo IV RA”. Leia mais