RIO DE JANEIRO – HOTÉIS EM REFORMA, EM CONSTRUÇÃO, EM PROJETO OU EM ESTUDOS

Internet
Publicamos há algumas semanas os posts SAI ESCOLA, ENTRA HOTEL, SEM EXPLICAÇÃO e SAI ESCOLA 2… FINADA ESCOLA FUTURO HOTEL, tal o espanto que causou mais uma estranha decisão urbano-carioca da atual gestão municipal. No mesmo tema, é importante divulgar mais algumas informações.=&0=& em 27/11/2012 com observações da autora do blog. Baseou-se em divulgação anterior feita pelo site =&1=&. Embora, alguns meses depois, possa haver novas modificações, o conjunto dá a dimensão do conjunto hoteleiro que está a caminho do Rio de Janeiro. Vale lembrar que leis urbanísticas de 2009 criaram isenções fiscais e parâmetros de construção especiais para essa categoria de edificação, com prazos definidos que já (in)devidamente prorrogados. Como se depreende, demanda de hóspedes há de haver. Ao contrário das crianças de Ipanema e Copacabana, que evaporaram.
Esperamos, sinceramente, que passados os grandes eventos de 2013, 2014 e 2016 tantos hotéis continuem 100% ocupados. Ou, que se aguarde uma enxurrada de pedidos de transformação de uso para edifícios de apartamentos, como chegou a ser cogitado no caso do antigo Hotel Meridien: seria a fórmula mágica perfeita para obter prédios residenciais mais altos com todas as vantagens concedidas ao mercado hoteleiro. Hummmm… Será que foi isto?

Nestes tempos legislativos-urbano-cariocas, que não se duvide…


                                                                                     Blog Urbe CaRioca

Blog  Naldo e Manu

“Hotéis / Ando mais apreensiva desde que abri o jornal um dia destese vi esta imagem, de um projeto de Paulo Casé para um hotel da rede Atrium na área portuária. Então vamos demolir a Perimetral para encobrir o Corcovado? Indo atrás de mais informações dei com a lista abaixo, publicada no site skyscrapercity, dos novos hotéis em projeto ou em construção no Rio. Não sei até que ponto a relação está correta e atualizada, mas como o registro em si só já impressiona, reproduzo-o aqui, para quem quiser conferir (as pequenas alterações já feitas são as minhas contribuições, por ora, para a atualização da listagem).” =&4=& 1) Hotel Glória Palace, na Glória, da EBX (de Eike Batista), cm projeto de Paulo Casé; 2) Hotel Windsor Atlântica, em Copacabana. EMPREENDIMENTO PRONTO E FUNCIONANDO com 545 quartos; 3) Hotel Nacional – o hotel projetado por Niemeyer em São Conrado será reaberto sob a bandeira INTERCONTINENTAL. As obras estão previstas para começarem em março de 2012, com início estimado das operações em maio de 2014. O projeto de reforma prevê a diminuição do número original de quartos de 510 para 450 unidades; 4) Transformação pelo grupo Windsor de um prédio residencial em hotel na Av. Nossa Senhora de Copacabana nr 335 que operará sob a denominação WINDSOR COPA. EMPREENDIMENTO PRONTO E FUNCIONANDO com 140 apartamentos; =&5=&


1) Hotel Ibis, com 122 quartos, na Rua Ministro Viveiros de Castro, em Copacabana. EMPREENDIMENTO PRONTO e FUNCIONANDO;

2) Hotel Ibis, com 240 quartos, na rua Professor Álvaro Rodrigues esquina com rua Paulino Fernandes, em Botafogo;
3) Edifício anexo do hotel Windsor Flórida, na esquina da rua do Catete esquina com rua Ferreira Viana, no Catete, que passará de 200 para 400 quartos. Obra deverá ficar pronta até o final de 2012; 
4) Hotel Atlântico Business, na rua Xavier da Silveira nr 112 (próximo do Corpo de Bombeiros), em Copacabana;
5) Ramada Hotel, com 273 apartamentos e centro de convenções, na avenida Salvador Allende 500, na Barra da Tijuca. EMPREENDIMENTO PRONTO e FUNCIONANDO;
6) Hotel Ibis junto ao Shopping Nova América (empreendimento da Construtora RJZ/Cirella):
7) Hotel Ibis Budget, nova denominação da bandeira Formula 1, junto ao Shopping Nova América (empreendimento da construtora RJZ/Cirella);
8) Hotel Mercure, na Av. do Pepê, nr 56, com 10 andares escalonados, para obedecer regras de sombreamento. Projeto do grupo Performance;
9) Um hotel IBIS, na Av. do Pepê, nr 56 e saída para a Avenida Gilberto Amado, com 15 andares. Projeto do grupo Performance;
10) Hotel quatro estrelas Well Sunflower, no Recreio, com 279 quartos;
11) Um hotel Mercure, na Tijuca, com abertura em julho de 2013.
12) Um hotel da bandeira Linx (pertencente ao grupo GJP Hotels & Resorts) junto ao Aeroporto do Galeão, com 162 suites distribuídas por 6 pavimentos. O projeto, de R$ 25 milhões, atenderá tripulantes e passageiros. 
13) Anexo do hotel Copacabana Praia Hotel, na rua Francisco Otaviano. Após a expansão, o hotel passará dos atuais 55 quartos, para um total de 179 quartos. Inauguração da expansão prevista para  dezembro de 2013. 
14) Um hotel da Rede Royal com 13 andares na rua Barata Ribeiro 581.
15) Hotel com 450 quartos a ser construído na Rua Martinho de Mesquita, vizinho ao Hotel Windsor Barra. As obras de construção começam em abril de 2014 e têm prazo de conclusão para 2014.
16) Hotel cinco estrelas com 550 quartos, na Avenida Sernambetiba, que receberá a denominação de WINDSOR OCEÂNICO. Prazo de conclusão das obras 2016;
17) Hotel sem bandeira definida que ocupará parte do edifício REC Sapucaí, ora em construção ao lado do Sambódromo. Conclusão das obras previstas para julho de 2014.
18) Hotel GRAND MERCURE com 13 andares e 312 apartamentos, no interior do complexo do Riocentro. Previsão de término das obras em dezembro de 2013. O total de investimentos previstos é de R$ 160 milhões. 
19) Hotel Grand Hyatt Rio de Janeiro, com 436 quartos e previsão de inauguração no segundo semestre de 2015 na Praia da Barra da Tijuca, ao lado do Condomínio Summer Drive.
20) Hotel Hilton, com 298 suites, nos parâmetros do Hilton Serenity Collection, linha mais luxuosa da rede, no Centro Metropolitano da Barra. A inauguração do empreendimento está prevista para junho de 2014; 
EM PROJETO E/OU EM ESTUDO

PARA A BARRA DA TIJUCA


1) Hotel Novotel, com 188 quartos, e 11 andares, na Avenida Sernambetiba nr 5.210 (próximo do Golden Green), Barra da Tijuca, Projeto do grupo Performance, será escalonado, para atender à legislação de sombreamento da orla;
2) Hotel Ritz Carlton, em local ainda não definido;
3) Hotel Four Seasons (provavelmente na região da Reserva), na Av. Sernambetiba; 
4) Ampliação do Hotel Ramada situado na avenida Salvador Allende 500, na Barra da Tijuca, mediante a construção de mais uma torre de uso hoteleiro, além da construção de mais uma torre dedicada ao segmento de longa estada, com 100 quartos;[
5) Um hotel IBIS com 255 quartos, na Avenida Embaixador Aberlardo Bueno, ao lado do Pólo de Cinema e Vídeo. Projeto do grupo Host;
6) Um hotel NOVOTEL, com 150 quartos, na Avenida Embaixador Abelardo Bueno em frente ao Centro Metropolitano. Projeto do grupo Host;
7) Um hotel 5 estrelas, com 300 quartos, nos arredores das instalações dos Jogos de 2016, desenvolvido pela STX Desenvolvimento Imobiliário;
8) Um hotel com 100 quartos e espaço para eventos anexo ao CasaShopping;
9) Um hotel na avenida José Silva de Azevedo Neto nr 200, na entrada da Península;
10) Hotel do novo Centro de Treinamentos da CBF, na Avenida Salvador Allende nr 5500, bem próximo ao futuro Parque Olímpico Cidade do Rock;
11) Hotel Blue Tree, em local ainda não definido;
12) Hotel Sofitel.
13) Um hotel integrado ao shopping center VILLAGE MALL, focando predominantemente em consumidores de alta renda.   
14) Um hotel que se denominará Heritage, a ser construído pela Calper no Recreio dos Bandeirantes, com 279 quartos, seis salas de convenções e três de reuniões. A entrega do empreendimento está prevista para Novembro 2015.
15) Um hotel Encore by Ramada, com 200 apartamentos e centro de convenções, no local da casa de eventos Ribalta ( futuro hotel se denominará Ramada Ribalta). Entre suas principais características, destaca-se a presença de um Centro de Eventos multiuso com capacidade para 5 mil pessoas . A gestão do futuro hotel ficará com a mineira Vert Hotéis.
Observação: Segundo a ABIH-RJ, serão construídos seis hotéis à beira-mar, na Avenida Lúcio Costa. Três deles nos números 5.210, 5.400 e 5.700, nas imediações do Condomínio Golden Green; outro no número 34.087, já perto do Recreio; um outro na Área de Proteção Ambiental (APA) de Marapendi; e um sexto que não teve a sua numeração divulgada. As outras áreas são a Avenida do Pepê 56;.
PARA ARPOADOR E IPANEMA Leia mais

A SEMANA – 11/02/2013 A 15/02/2013

CARNAVAL CARIOCA. O SOL VOLTOU. O RIO FERVEU. =&0=&Publicações da semana que passou e textos mais lidos.

Os posts imediatamente anteriores e ponderações sobre Carnaval x Metrô e a Desordem Urbano-CaRioca. A CrôniCaRioca remete ao artigo da jornalista Cora Rónai de quinta-feira, que fez menções à ‘Festa de Momo’ e à demolição do Velódromo do Rio. 

=&3=&

SAI ESCOLA, ENTRA HOTEL, SEM EXPLICAÇÃO

PROJETO DE ESCOLA EM IPANEMA /COPACABANA É CANCELADO
Projeto de Alinhamento e Loteamento nº 22351 – COPACABANA 

Não, não é o caso de uma escola particular na Cidade do Rio de Janeiro, fechada por alguma razão particular e cujo terreno foi comprado igualmente por um empreendedor particular que ali fará o que puder: a situação é outra.



No terreno que fica na Rua Francisco Otaviano nº 131 funcionou um colégio particular, cujas atividades se encerraram em 2001.  O Jornal O Globo de 31/01/2013 informou que o local abrigará um hotel. Em 27/01/2013 a Newsletter Ex-Blog trouxe importantes esclarecimentos sobre os antecedentes da anunciada mudança de uso conforme a matéria publicada na imprensa.
Até então nada seria especial não fosse pelo o fato de que o prédio foi comprado em 2008 para receber uma Escola Pública da Rede Municipal e que, agora a Prefeitura pretende vendê-lo (ou já vendeu) para uma rede hoteleira: está em tramitação na Secretaria Municipal de Urbanismo – SMU um projeto de licenciamento para a construção no local.

Há muitos aspectos estranhos que requerem explicações:
1.    A notícia citada informa que o decreto de desapropriação foi cancelado em 2012 e que o prédio retornou aos antigos donos – o que vai de encontro um dos dados que está na Newsletter: a desapropriação foi paga em dezembro/2004.
2.   A atual administração informa que na região não há demanda por escolas, o que intriga muitíssimo: se a gestão anterior da Prefeitura decidiu fazer escola obviamente havia demanda. Nada leva a crer que uma administração desapropriaria um imóvel especificamente para instalar uma escola pública, sem necessidade.
3.    Em maio/2012 a SMU informou que notificou o proprietário (?) e preferiu não informar o nome. Pergunta-se quem é este proprietário: o antigo dono para quem o imóvel teria retornado ou um novo dono que o adquiriu? Na primeira hipótese o antigo dono, é claro, já teria devolvido à Prefeitura o dinheiro pago em 2004 pela desapropriação (?). E, neste caso, a Prefeitura não poderia alienar o imóvel conforme pretendia, segundo informação de setembro/2011 divulgada na mencionada Newsletter. A não ser que…
4.   … a Prefeitura tenha perdido o interesse, devolvido para o dono, recebido o dinheiro pago pelo valor de escola com 5 andares, e o dono, sortudo, tenha vendido pelo valor correspondente ao potencial construtivo de hotel, tudo isto entre 2011 e 2012.

Considerando que o chefe do executivo assumiu o segundo mandato afirmando que fará 277 escolas NOVAS de tempo integral, qualquer das hipóteses confusas que se comprove só causará mais espanto: o que nem deveria mais surpreender ninguém, à vista das Rio + 20 Leis Urbanísticas, e do Furor Urbano-Legislativo-Carioca dissecado e comprovado com o Pacote Olímpico 2. Mas a sanha, infelizmente, continua.

Uma coisa é certa: se o local já era muito valorizado – Ipanema, adjacente ao Parque Garota de Ipanema, gabarito de 5 andares-tipo –, muito mais valorizado ficou com as benesses urbanísticas criadas pelo Pacote Olímpico 1  (v. item 2005 – A LEI QUE QUASE SATISFEZ), já exaustivamente explicadas neste blog:

 – Valorização que foi renovada e reafirmada com a prorrogação dos prazos que concederam incentivos fiscais à construção e ao funcionamento de instalações destinadas a hotéis, pousadas, resorts e albergues embrulhados no Pacote 1. 

 – Valorização exacerbada pelos privilégios para hotéis e congêneres com gabaritos, áreas de construção misteriosas que não são consideradas nos limites que se aplicam aos demais usos, como se não existissem. Uma reedição no Século XXI dos Meridiens, Sheratons e Othons dos anos 1970 – os monstros da orla carioca -, sem limitação de altura nem de área construtiva, tempos quando nada era questionado.

Fora quem projetou e quem analisa o projeto, não se pode saber de antemão que tamanho terá o prédio vizinho da Área de Proteção Ambiental das Pontas de Copacabana e Arpoador e seus entornos. Mas que a vista será linda, ah! Como será linda!

Imagem: Rick Ipanema


Por tudo isso é mais do que certo, é certíssimo, que deve ser muito mais rentável fazer hotel no Arpoador do que uma escola para crianças de classes média e baixa de Ipanema, Copacabana e vizinhança.

Resta saber rentável para quem. Porque o melhor investimento é na Educação, é o que traz a melhor rentabilidade.

A população do Rio de Janeiro aguarda explicações sobre a escolha da Prefeitura e sobre a súbita ausência de “demanda por vagas escolares”, coincidente com a aprovação da leis urbanísticas chamadas “Pacote Olímpico”. Quem sabe as crianças de Ipanema e Copacabana evaporaram-se.

NOTA: Trecho da Newsletter Ex-Blog de 31/01/2012



ESCOLA ISA PRATES (TOM JOBIM), QUE A PREFEITURA DO RIO COMPROU E REFORMOU, VAI VIRAR HOTEL DO GRUPO ESPANHOL ARENA! MAIS UM ESCÂNDALO!

1. Os moradores da Rua Francisco Otaviano, vizinhos da ex-escola particular ISA PRATES, denunciam a transformação dela em um espigão, hotel do grupo espanhol ARENA.Conheça a denúncia. Leia mais

A SEMANA – 14/01/2013 a 18/01/2013

Prédio do Antigo Museu do Índio, Maracanã, Rio de Janeiro
CMI –  Brasil
=&0=& =&1=& =&2=&
Os postsimediatamente anteriores, o prédio histórico que prefeito e governador querem demolir – Antigo Museu do Índio – o projeto da Marina da Glória de ressurge das trevas com carimbo poderoso, e a aprovação do Pacote Olímpico 2 (primeira parte), lei perniciosa da qual foi retirado O BODE a título de iludir os crédulos.

E a CrôniCaRioca da semana, um alento que nos incentiva a procurar e conhecer o que o Rio tem de melhor, seja a paisagem ou o que foi feito por mãos humanas e está escondido em cantos admiráveis. Antes que queiram pôr abaixo!

Boa leitura e ótimo passeio!
Blog Urbe CaRioca

 

Segunda, 14/01/2013 – 1

A SEMANA 07/01/2013 a 11/01/2013


Segunda, 14/01/2013 – 2

Terça, 15/01/2013

AI! QUE A MARINA DA GLÓRIA VOLTOU!


Quinta, 17/01/2013

SANCIONADO O PACOTE. SEM O BODE.

 

Sexta, 18/01/2013

E O CARIOCA VEIO DE FILIPEIA PASSEAR PELO CENTRO DO RIO DE JANEIRO

 CrôniCaRioca de Ailton Mascarenhas


***

Parque do Flamengo, local onde o Prefeito pretende autorizar a construção de um Centro de Convenções e Shopping Center. Elio Gaspari perguntou se poderia ser feito no Central Park. Assim como este Blog, o jornalista sugeriu que a Zona Portuária receba a construção (v. O Globo, 20/01/2013, coluna publicada no Dia de São Sebastião, Santo Padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro).



Marina da Glória, Rio de Janeiro
Imagem: Alex Uchoa, 2008

***

 

Posts mais lidos da semana
Para acessar copie o título na caixa de pesquisa acima.


PACOTE OLÍMPICO 2 – O CAMPO DE GOLFE E A APA MARAPENDI

E O CARIOCA VEIO DE FILIPEIA PASSEAR PELO CENTRO DO RIO

AI! QUE A MARINA DA GLÓRIA VOLTOU!

PEDRAS PORTUGUESAS E CARIOCAS

SANCIONADO O PACOTE. SEM O BODE.

A SEMANA – 04/6/2012 a 07/6/2012

ANTIGO MUSEU DO ÍNDIO: PARECER CONTRÁRIO À DEMOLIÇÃO

ANTIGA FÁBRICA BHERING 2 – CONFETE PARA A MÍDIA Leia mais

SANCIONADO O PACOTE. SEM O BODE.

MARINA DA GLÓRIA DE NOVO RESSURGE DAS TREVAS, =&1=&=&2=&=&3=&QUE O REDENTOR NOS PROTEJA DO FUROR URBANO-LEGISLATIVO-CARIOCA!=&6=&
Blog Bem Estar




O Ano ainda é bem Novo, mas o Pacote Olímpico 2, do Ano Velho, atravessou a virada para 2013. Foi tratado detalhadamente pelo Urbe CaRioca em diversos posts nos meses de novembro e dezembro últimos, o que certamente colaborou para o entendimento dos vereadores sobre o conteúdo do novo embrulho, complexo para quem acompanha a legislação urbanística, que dirá para a maioria dos edis. 


Foram feitos (malfeitos) os acertos (erros) entre Executivo e Legislativo. Os placares: 35×8 e 30×10, pela aprovação. As emendas apostas por suas excelências foram apenas o BODE DO PACOTE. O anunciado veto às mesmas, mais uma vez, é confete para a mídia e  para eleitores crédulos.



Internet


Sonia Rabello lançou outros olhares do ponto de vista jurídico e analisou questões sobre a exacerbação do valor da terra. Então vereadora, teve atitude em plenário durante a tramitação-relâmpago digna de aplausos.

Jornal O Globo também divulgou números – cifrões e m² -, no dia da segunda votação. Tarde para permitir análises, divulgação e debates pela sociedade carioca. Em 26/12 a Newsletter Ex-Blog apresentou mais cifrões, e considerações sob visão política e administrativa.

A SEMANA – 17/12/2012 a 24/12/2012

A CrôniCaRioca da semana, publicada na Véspera de Natal, retratou os votos de final de ano aos muitos amigos e leitores que têm prestigiado este espaço, mensagem que renovamos neste A SEMANA, extensiva a todos os familiares e aos que lhes são caros.=&2=&, o Resumo da Semana, até o dia 24. =&3=&=&4=&Andréa Redondo e família=&4=&
Blog O Povo



Publicações da semana que passou

e textos mais lidos.


Os posts imediatamente anteriores, a lista dos POST.zitivos, a aprovação do pernicioso pacote em primeira discussão, quem são os predadores do Rio (Quer fazer um Hotel na Reserva?) e a aprovação final do vergonhoso PLC 113/2012, parte do Pacote Olímpico 2.

PALÁCIO PEDRO ERNESTO
CÂMARA DE VEREADORES DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO




Segunda, 17/12/2102


URBANILDO BARBOSA E CREMILDO DE ALMEIDA – O PACOTE, Parte II




Terça, 18/12/2012


Quarta, 19/12/2012


Quinta, 20/12/2012 – 1


Quinta, 20/12/2012 – 2 Leia mais

O PACOTE E O BODE

AS EMENDAS AO PACOTE = ‘O BODE NA SALA’
Imagem: Blog Luis Torres
Sobre as emendas dos vereadores ao PLC 113 (será que eles mesmos as elaboraram?), ontem o Blog escreveu e repetiu:
“As emendas são ‘o bode na sala’. Não se duvida ter sido manobra para, com o veto, o Executivo alardear que o mal foi evitado. Mentira: o PLC 113 já é o Mal”.

Não era preciso ter bola de cristal. A manchete no jornal de hoje muda o foco do problema e comprova a tese:

“Manobra de vereadores põe projeto
 olímpico em risco – Paes vetará emendas 
que autorizam mais construções em
 Marapendi e no Autódromo”.


Foram várias matérias que começaram somente no dia da votação – Paes decide vetar integralmente…(Sem espanto! É ‘o bode’); Paes joga duro com a Câmara (Espantoso! Alguém acredita?); Emendas foram aprovadas sem estudo prévio (Estudar prá que?). E esse vexame, mais um?
CQD.

Somente agora surgem muitos números, cifrões e metragem quadrada. O mesmo deveria ter sido feito em relação ao projeto original, há três meses. Mas, nem um pio. Imprensa, órgãos de classe, ninguém, salvo a PUC, alguns artigos esparsos, e este Blog.

School of the Vestal Virgins in Ancient Rome
Internet

Assim parecerá que o texto enviado originalmente pelo Poder Executivo é benéfico e foi elaborado por vestais. É o que desejam. É o que pretendem.

Manobra foi a palavra usada pelo Blog e na manchete do OG. Resta saber quantos mais estão ‘manobrando’ em prejuízo do Rio.


Manobra, curiosamente, também é sinônimo de Ardil.




Internet

O Blog reproduz as palavras do Advogado e Professor Fernando Walcacer que traduzem, com maestria, a situação legislativo-urbano-carioca que vivemos, neste caso, exatamente igual ao conto do Bode na Sala, que a linguagem do povo explica, também com maestria, apenas em outro formato.


Política pode ser uma atividade tão sórdida… O Prefeito manda para a Câmara um projeto que representa um desastre ambiental sem precedentes, e um ganho imenso para a especulação imobiliária. A Câmara, onde o Prefeito tem maioria folgada, aprova o projeto com emendas que elevam ao paroxismo as benesses propostas. O Prefeito vai para a mídia e ganha a manchete da primeira página denunciando as emendas, promete vetá-las, e sai da história como o grande campeão do desenvolvimento sustentável da cidade do Rio de Janeiro.

Fernando Walcacer



Leia mais

A APROVAÇÃO DO PLC 113, NA VÉSPERA DO FIM DO MUNDO: UM PEDAÇO DO PACOTE

Câmara Municipal do Rio de Janeiro – PAINEL DE VOTAÇÃO
20/12/2012 – Dia da aprovação, em 2ª Discussão, do pernicioso Pacote Olímpico 2.

Recomenda-se ler “Saqueando o Rio Institucionalmente“, texto de Sonia Rabello

Recomenda-se não ler o texto abaixo porque pode fazer mal à saúde. Para quem quiser se arriscar, alguns destaques coloridos foram feitos pelo Blog.

O Blog repete: as emendas são ‘o bode na sala’. Não se duvida ter sido manobra para com o veto o Executivo alardear que o mal foi evitado. Mentira: o PLC 113 já é o Mal.

Urbe CaRioca  SESSÃO – EXTRAORDINÁRIA 
Projeto De Lei Complementar 113/2012 (Mensagem 219/2012)

Informações Básicas Texto

O SR. PRESIDENTE (JORGE FELIPPE) – ANUNCIA-SE, EM TRAMITAÇÃO ORDINÁRIA, EM 2ª DISCUSSÃO, O PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 113/2012 (MENSAGEM Nº219/2012) DE AUTORIA DO PODER EXECUTIVO, QUE “ALTERA AS REDAÇÕES DAS LEIS COMPLEMENTARES Nº 74, DE 14 DE JANEIRO DE 2005, E 101, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2009, ESTABELECE CONDIÇÕES PARA INSTALAÇAO DE CAMPO DE GOLFE OLÍMPICO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.(INTERROMPENDO A LEITURA)

O projeto recebeu Emendas de nº 1 e 2, de autoria das Comissões.
(LENDO)


EMENDA MODIFICATIVA N° 1

Autores: Comissão de Justiça e Redação, Comissão de Administração e Assuntos Ligados ao Servidor Público, Comissão de Assuntos Urbanos, Comissão de Esportes e Lazer, Comissão de Meio Ambiente, Comissão de Abastecimento, Indústria, Comércio e Agricultura, Comissão Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática, Comissão Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira e Obras Públicas e Infraestrutura. Leia mais