IAB divulga nota sobre ocupação das margens da Lagoa Rodrigo por “Masterchef nas Nuvens”

Após publicarmos posts sobre o projeto “MasterChef Brasil Nas Nuvens”, responsável pela instalação de um projeto gastronômico suspenso a 50 metros de altura às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, em área tombada que integra o Patrimônio Cultural da Cidade e da União, o IAB-RJ divulgou nota destacando que além de encravar na paisagem um restaurante içado por um guindaste, “é composto por enormes estruturas que impedem a visão do espalho d´água tombado e, ainda, obstrui o livre acesso à orla da Lagoa, caracterizando inaceitável apropriação do espaço público”. Leia mais

O Inepac e o convento, de Roberto Anderson

Neste artigo publicado originalmente no Diário do Rio, o arquiteto urbanista Roberto Anderson aborda importantes registros sobre Instituto Estadual do Patrimônio Cultural – Inepac, destacando que atualmente é preciso estarmos atentos para que os órgãos em defesa do patrimônio permaneçam atuantes e de pé.

“No Estado do Rio de Janeiro, o Inepac vem sendo desmontado, com a expulsão de técnicos que longamente o sustentaram, e sendo sido dirigido por pessoas absolutamente estranhas às questões do Patrimônio.”, afirma. Leia mais

Fundos artificiais e prioridades, onde e por quê?

No mês de outubro de 2021, a Lei nº 7066 estabeleceu a criação do Programa de Implantação de Fundos Artificiais no Município do Rio de Janeiro para a conservação da biodiversidade marinha, fomento à prática de esportes aquáticos e proteção de praias e do litoral costeiro do município, além de outras providências.

O Decreto nº 49.833/2021, de 26 de novembro de 2021, instituiu um Grupo de Trabalho com objetivo de elaborar documento orientador com os locais prioritários para implantação de fundos artificiais na orla do Município. Leia mais

“Gastronomia com adrenalina” desafia tombamento na Lagoa: considerações de Cora Ronai

Conforme publicamos há poucas semanas, com a proposta de oferecer uma experiência gastronômica diferenciada aliada à apreciação do visual paradisíaco da Cidade do Rio de Janeiro nas alturas, o projeto “MasterChef Brasil Nas Nuvens”, até o dia 17 de abril de 2022, terá no Parque do Cantagalo, na Lagoa, um restaurante que ficará suspenso a 50 metros de altura.

A obra foi erguida em área tombada que integra o Patrimônio Cultural da Cidade e da União, e que é non-aedificandi. Ali são permitidas apenas construções de pequeno porte para apoio às atividades de lazer, conforme as leis urbanísticas vigentes. Confiram abaixo o desabafo da jornalista e escritora Cora Ronai em sua página em uma rede social. Leia mais

O Plano Diretor e a Avenida Brasil, de Hugo Costa

04 de janeiro de 2022  – Hugo Costa 

Plano Diretor sem previsão de regras de ocupação do entorno da Avenida Brasil

Pensando sobre o Plano Diretor, que não prevê regras de ocupação do entorno da Av Brasil: as maiores taxas de verticalizacao do Rio estão na Zona Sul, entre o mar e a Floresta, na Barra, que impõe regras de distância entre prédios para a brisa do mar continuar circulando e na Tijuca, cercada pela Floresta da Tijuca. Leia mais

Reviver Centro, quem são seus pares?

Uma boa notícia divulgada pelo jornal online Diário do Rio. E, mais uma vez este Urbe CaRioca pergunta: quais foram as licenças de obras correspondentes concedidas fora das leis urbanísticas, na Zona Sul ou na Zona Norte ? (Veja mais em posts anteriores no final deste artigo)

Urbe CaRioca

Parte de prédio da antiga Mesbla deve virar residencial

A informação foi confirmada pelo secretário de Planejamento Urbano do Rio, Washington Fajardo, através de uma publicação nas redes sociais Leia mais

Diário do Rio: Prédio-símbolo do Corredor Cultural, no Centro, será grande magazine de produtos para festas

O imenso casarão, na Avenida Passos, 36, fica de frente para a SAARA, e tem 2.400m2. Em expansão, a loja  de produtos para festas fechou a locação do espaço e deve inaugurar um novo momento para a região.

Urbe CaRioca

Prédio-símbolo do Corredor Cultural, no Centro, será grande magazine de produtos para festas

Publicado no Diário do Rio – Link original

Um dos imóveis históricos privados mais bonitos e celebrados do Centro do Rio vai voltar a ter utilização comercial, após um longo período sendo usado apenas como espaço de eventos. O casarão da Avenida Passos 36 está intimamente ligado à história do varejo na cidade, tendo funcionado nele dois grandes magazines que fizeram história no passado: a Casa Lucas e a Casa Esperança, esta última uma das maiores revendedoras de eletrodomésticos na sua época. Leia mais

É preciso salvar o Galeão, de José Antonio do Nascimento Brito

Nos últimos dias divulgamos os posts “A saga sobre o Santos Dumont continua” e “Aeroporto Santos Dumont – licença ambiental para obras pode ser cancelada” sobre o processo de concessão do Aeroporto Santos Dumont. Reproduzimos abaixo o artigo de José Antonio do Nascimento Brito, Presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, publicado no jornal O Globo destar terça-feira, sobre o tema. Leia mais