O MÊS NO URBE CARIOCA – MAIO 2016

O mês de MAIO começou no blog justamente com um tema olímpico: o estranho caso do Velódromo e alguns comentários sobre os tão anunciados legados. Porque os haverá, sem dúvida. Infelizmente não todos os desejados nem vários prometidos. Hoje, porém, surgiu um legado espetacular! Rafaela Silva, moça de origem humilde que morou na Cidade de Deus, e hoje mora em Jacarepaguá, conquistou a primeira medalha de ouro para o Brasil, na modalidade Judô, prova de que com incentivo e determinação própria o esporte pode ser transformador. =&1=&, Patrimônio Cultural, projetos de lei complementar sobre benefícios para a construção de residências foram outros assuntos. O VLT que desprezou os pés-de-moleque já foi inaugurado. No Mês das Mães, ficamos =&4=&

O MÊS NO URBE CARIOCA – OUTUBRO 2015

A destruição, com retro-escavadeira, em fim-de-semana chuvoso.
Foto: Marcus Alves, 26/10/2015
Em OUTUBRO a destruição do piso bicentenário “pé-de-moleque” encontrado na Rua da Constituição durante as obras para implantação do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT foi objeto de várias postagens, causando enorme espanto e indignação, entre essas o artigo VLT DO RIO ATROPELA A LEI E O PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE, de Sonia Rabello. =&0=&

PRAÇA XV e RUA DA CONSTITUIÇÃO – PÉS-DE-MOLEQUE x CONCRETO

Praça VX de NovembroFoto: Marconi Andrade, 14/11/2015

PÉS-DE-MOLEQUE AGORA NA PRAÇA XV foi postagem de 28/08/2015 neste blog, sobre achados arqueológicos naquele local que surgiram em função das obras de urbanização em andamento realizadas após a demolição do Elevado da Perimetral e ainda em curso. Divulgado logo após a descoberta de calçamento de pé-de-moleque na Rua da Constituição durante obras para implantação de sistema de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) – piso histórico destruído logo a seguir pelo governo municipal, infelizmente, na Praça XV, o destino foi o mesmo: voltar a ser coberto, antes por asfalto, agora por concreto.

Enquanto isso, em São João del Rei, após duas décadas, a Prefeitura deu início à retirada de asfalto que desde 1993 cobria o calçamento antigo de rua tombada, para cumprir determinação do Ministério Público Federal: aqui na Cidade Maravilhosa, onde tudo é “pra olimpíada, historiadores pediram a instalação da CPI do Patrimônio.


[...] Leia mais

O MÊS NO URBE CARIOCA – SETEMBRO 2015

Em SETEMBRO houve muitos assuntos urbano-cariocas polêmicos que causaram – e ainda causam – grande preocupação. Um projeto de lei pernicioso para a Cruz Vermelha, a misteriosa Arena do Flamengo que será construída em meio a um nó de trânsito, um pacote de leis urbanísticas das quais comentamos o PLC nº 123/2015 – UMA PANACEIA EMPACOTADA e o PLC Nº 124/2015 E HABITAÇÃO SOCIAL – UMA PROPOSTA BEM INTENCIONADA.

A reprodução de JOGOS OLÍMPICOS – UM DOSSIÊ POPULAR causou muito espanto. O artigo PEU DA ILHA DO GOVERNADOR, MAIS UM DESASTRE URBANÍSTICO À VISTA, de Canagé Vilhena foi recordista de acessos.

A divulgação e análises sobre o pé-de-moleque encontrado na Rua da Constituição  iniciadas em agosto continuaram, ainda quando os defensores do Patrimônio Cultural da cidade não vislumbravam a destruição que estava a caminho fruto do descaso e da pequenez dos gestores públicos. Além de um artigo esclarecedor sobre a Linha 2 do Metrô, um alento esteve presente na CrôniCaRioca sobre as PEDRAS PORTUGUESAS E “SEU LÉCIO”: UM CALCETEIRO CARIOCA.


Boa leitura.
Urbe CaRioca

  SETEMBRO 2015

01/09/2015 – =&2=& 03/09/2015 –

O MÊS NO URBE CARIOCA – JUNHO 2015[...] Leia mais

VLT DO RIO ATROPELA A LEI E O PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE, de Sonia Rabello

A inaceitável destruição do calçamento “pé-de-moleque” encontrado na Rua da Constituição, feita sorrateiramente durante o fim-de-semana – divulgada pelo grupo S.O.S. Patrimônio e por este blog na segunda-feira – ainda repercute através da grande imprensa e em sites importantes, como é o caso de =&0=&. =&1=&

PÉ-DE-MOLEQUE DA RUA DA CONSTITUIÇÃO: DESCOBERTA, DIVULGAÇÃO, MOBILIZAÇÃO, TELEVISÃO, MAS, EM VEZ DA POSSÍVEL PRESERVAÇÃO, DESTRUIÇÃO E INDIGNAÇÃO!



Tudo começou com um passeio pelo Centro.

O historiador Marcus Alves membro do S.O.S. PATRIMÔNIO – grupo de rede social que luta pela preservação de bens culturais antigos – informou que as obras para instalação do VLT no Centro do Rio revelaram o piso de pé-de-moleque, calçamento que pode ter cerca de 200 anos de idade, memória viva do Rio de Janeiro.

Depois da publicação do artigo O PASSADO RESSURGE NO CAMINHO DO VLT, de Marcus Alves em 10/08/2015, da nota publicada no jornal O Globo dois dias depois, e de outras postagens – inclusive sobre o abaixo-assinado que solicita a proteção do calçamento – o assunto ganhou a mídia impressa, a televisão, e a Prefeitura chegou a acenar com a possibilidade de preservar a importante descoberta.


Rua da Constituição, Centro, Rio de Janeiro
Calçamento “pé-de-moleque”
Foto: Marcus Alves, 10/08/2015
Infelizmente, o cenário encontrado hoje à tarde por Marcus Alves e Marconi Andrade, após informação do grupo sobre movimentação de obra na Rua da Constituição, foi devastador:
“… agora à tarde enquanto nos dirigíamos ao IPHAN para entregar a petição [o abaixo-assinado] com as assinaturas, fomos surpreendidos pela notícia postada aqui sobre a Rua da Constituição. Dirigimo-nos imediatamente para lá e… foi o que se viu. Nada mais a declarar, as fotos falam por si.”

“O fim de um sonho. Neste fim de semana, aproveitando da situação de um centro da cidade vazio, foi destruído o calçamento histórico da Rua da Constituição. E com ele a memória de um Rio Colonial. Poderia ter sido um belo exemplo de união entre passado e futuro, as pedras e o VLT, mas preferiu-se, mais uma vez a destruição pura e simples. Resta aos que podem viajar aos países que preservam sua história e admirar os seus monumentos. Porque os nossos se perdem um pouco mais a cada dia.”

Marcus Alves

Abaixo, a lista das postagens neste Urbe CaRioca (inclusive sobre os achados também na Praça XV de Novembro e na Avenida Rio Branco), links para as notícias publicadas na imprensa e noticiário televisivo, e mais imagens do que foi encontrado.

Tudo indica que, dado à repercussão do assunto, a destruição dos achados foi apressada para que a preservação perdesse o sentido. Quem sabe este blog está enganado?

Urbe CaRioca




Fotos: Marcus Alves, 26/10/2015



  

10/08/2015 – O PASSADO RESSURGE NO CAMINHO DO VLT, de Marcus Alves

12/08/2015 – UM PÉ DE MOLEQUE NO CENTRO (Coluna Ancelmo Góis)

28/08/2015 – PÉS-DE-MOLEQUE AGORA NA PRAÇA XV

30/08/2015 – RIO BRANCO x PRIMEIRO DE MARÇO – DOMINGOS NA URBE CARIOCA

28/09/2015 – RUA DA CONSTITUIÇÃO, PÉ-DE-MOLEQUE SOBRE PÉ-DE-MOLEQUE

05/10/2015 – PÉS-DE-MOLEQUE DO RIO ANTIGO – PASSADO REVIVIDO, RIO A PRESERVAR

09/10/2015 – CONSTITUIÇÃO, A DOS PÉS-DE-MOLEQUE, EM ‘PROSPECÇÕES CASUAIS’ de Eduardo Cotrim

18/10/2015 –PÉ-DE-MOLEQUE – MOBILIZAÇÃO COMEÇA A SURTIR EFEITO

Fotos: Paulo Schwartz, 24/10/2015

[...] Leia mais