Ah! Meu Rio, o que dizer?

Haveria muito a dizer.

O noticiário mostra imagens assustadoras, desde o final da tarde de ontem, quando teve início o temporal fortíssimo que abalou a Cidade do Rio de Janeiro, trouxe morte, destruição, e muitas perdas materiais, estas o menor problema, diante do quadro geral. Quem estava em local seguro, permaneceu abrigado, não foi surpreendido por enxurradas e deslizamentos, e conseguiu chegar à casa, mesmo que de barco do Corpo de Bombeiros, caminhando através das águas enlameadas, ou pendurando-se em grades ao longo das calçadas, pode considerar-se pessoa de sorte.[...] Leia mais

Sobre o Congresso Mundial de Arquitetos em 2020

Post.Zitivo

Após a paisagem carioca ser motivo de divulgação de nossas belezas naturais mundo afora, agora um importante conjunto de construções da Cidade do Rio de Janeiro, erguidas ao longo de sua História, leva também o nome da Cidade Maravilhosa a receber mais um título e o reconhecimento internacional. Parabéns aos que se empenharam, mais uma vez, em valorizar o que temos de melhor no Rio e na Arquitetura brasileira.[...] Leia mais

COMO REDUZIR A VIOLÊNCIA NO LEBLON, by Reclamilda

CrôniCaRioca

Caros amigos,

Oi, quem vos escreve é Reclamilda. Estava com saudades de bater um papo com vocês. Andei silenciosa, sei, quase escondida, pensativa… Aparecia de vez em quando só para trocar ideias com minhas melhores amigas, Elogilda e Ana Lisa, e tentar compreender esse estranho 2018 que passou.

Nunca vi tanta gente brigar por causa de política e campanha eleitoral.

Em uma família conhecida, no almoço de domingo a tiazinha se referiu ao “movimento de 1964” (Tofolli pode, eu posso) como Revolução – na sua época dizia-se assim. A sobrinha gritou: “Revolução, não! Golpe, Golpe!” E completou dizendo que a tia idosa era da KKK. A doce velhinha não entendeu nada, ainda bem. Meio surda, recém-chegada às redes sociais, emojis e abreviaturas, pensou que a sobrinha a achasse muito alegre e risonha. KKK! Adorou![...] Leia mais

ORAÇÃO DO BRASILEIRO SOBREVIVENTE DE 2018, de Hugo Hamann

…E QUE 2019 SEJA LEVE!

Caros leitores,

Mais um ano se encerra, o sétimo desde a criação deste espaço urbano-carioca. Agradecemos pela companhia, prestígio, artigos de amigos colaboradores e de colaboradores que já são amigos. Esperamos continuar juntos em 2019, quem sabe com o Rio de Janeiro e o Brasil mais humanos.

Para ilustrar nossa mensagem de fim-de-ano, escolhemos a imagem abaixo, uma árvore Pau-Brasil plantada no dia 22 de abril de 2000 por mim e minha família, época em que o Brasil completava 500 anos, a inflação do período Sarney e das temíveis maquininhas de supermercado não mais existia, e o coração do brasileiro se enchia de esperanças.[...] Leia mais

Os Cinemas de Rua e o Calendário da Prefeitura

Calendário 2019 do AGCRJ contempla cinemas de rua do Rio de Janeiro*

Pelo quinto ano consecutivo o Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro publica o seu já tradicional calendário que, em 2019, contemplará os cinemas da Cidade do Rio de Janeiro.

Trazendo fotografias, programas e plantas das fachadas, a cada mês um antigo cinema será retratado, buscando rememorar esse antigo costume carioca, eternizado nas fotos do acervo.[...] Leia mais

O Hotel Glória foi-se. O Hotel Copacabana Palace, quase – nos anos 1980.

O caso e o ocaso do Hotel Glória em nome dos Jogos Olímpicos, de passado destruído, presente abandonado e futuro incerto, foi objeto de várias postagens neste espaço urbano-carioca. Para o Glória, quem sabe ainda reste uma fachada com o miolo refeito. História que muitos desconhecem é a que na década de 1980 seu irmão, o Hotel Copacabana Palace, por pouco não teve destino igual ou pior: dele nada restaria. É o que nos conta Maximiliano Zierer no artigo abaixo reproduzido. Cabe lembrar que, posteriormente houve nova tentativa de modificar o conjunto, quando seriam demolidos o Anexo e o Teatro, e mantido o prédio principal, projeto de outro famoso escritório de arquitetura, felizmente também sem êxito. Boa leitura.[...] Leia mais

Que o Ano Bom traga um Bom Ano!

Há um ano saudei os caros leitores com a crônica Que 2017 seja um Ano Bom! Comentei a expressão que usávamos para celebrar a passagem do ano e que não ouvia há décadas!

Curiosamente, hoje, o colunista Arthur Xexéo traz o mesmo tema no artigo que se despede de 2017 e dá boas vindas a 2018. Também relata as ‘simpatias’ que os familiares adotavam para trazer sorte durante o ano que se avizinhava. Nossa família também se reunia no Ano Bom, hábito que muda conforme os anos passam e surgem novos interesses, festas pagas e impessoais que fazem a alegria dos mais jovens quando em grupos de amigos. As reuniões retornam quando os jovens se tornam adultos e constroem novos núcleos familiares que se unem aos originais![...] Leia mais

Dois Artigos, Dois Pedros, e a Urbe Carioca

Como acontece todo final de ano, os veículos de imprensa convidam pessoas conhecidas para escrever sobre prognósticos para o ano a se iniciar, seja para o país em geral, ou sobre temas específicos.

No último domingo não foi diferente. O jornal O Globo publicou seis artigos, mensagens otimistas sobre 2018, com foco na Cidade do Rio de Janeiro.

Destacamos dois de maior interesse para este site urbano-carioca. Curiosamente, ambos autores são “Pedros”: Pedro Luís, o cantor, e Pedro da Luz, arquiteto e presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil.[...] Leia mais

Um Natal longe do meu Rio

CrôniCaRioca,  de Andréa Redondo, Natal/2017

Pela primeira vez nas minhas mais de seis décadas de vida, passo o Natal fora da minha cidade natal, o Rio de Janeiro. Circunstâncias me trouxeram a Londres para participar de um outro feliz evento natalino. Tal como em 2013, mais uma vez, meu presente de Natal chegou mais cedo!

Aqui, em vez de shorts, biquínis e vestidinhos leves, imperam casacos, cachecóis, gorros e botas. No frio do hemisfério norte Papai Noel deve sentir-se confortável, na roupa vermelha adornada com pele branca! No Rio, só com ar condicionado![...] Leia mais

No ar: Com a palavra, o CaRioca

Com a palavra, o CaRioca é o espaço, no site Urbe CaRioca, dedicado ao leitor, onde serão divulgados fatos relacionados ao dia-a-dia na cidade; comentários e informações de interesse geral sobre a prestação de serviços públicos ou a ausência destes; pedidos de providências por parte dos gestores públicos; ordem urbana; artigos sobre questões urbanas; observações sobre obras e o uso do solo; opiniões sobre leis urbanísticas existentes, em elaboração ou em aprovação na Câmara de Vereadores.[...] Leia mais

JOGOS OLÍMPICOS NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO TERMINAM COM FESTA MARAVILHOSA!

“Hoje, véspera da abertura oficial para os Jogos da Rio 2016 o Urbe CaRioca não poderia deixar de registrar o desejo de que o maior evento esportivo internacional que ora se realiza em nossa querida cidade seja um completo e absoluto sucesso, desejo que sempre esteve presente desde que o Rio foi escolhido para sediar as Olimpíadas, independentemente de qualquer questionamento. Que os atletas brilhem e superem suas marcas e recordes espetaculares; Que o público, os turistas e demais visitantes se emocionem com as conquistas esportivas; Que as torcidas vibrem com alegria e entusiasmo e aplaudam os atletas e suas equipes, nas vitórias ou derrotas, demonstrando educação, civilidade e espírito esportivo, porque esse evento só deve ser compreendido como uma festa fraternal, no qual o adversário da manhã é o amigo do passeio pela cidade à tarde; Que a torcida brasileira com suas demonstrações alegres e calorosas nas vitórias, saiba demonstrar altivez nas eventuais derrotas de nossas equipes, aplaudindo a todos, como prova de sua reconhecida hospitalidade e bom humor”.

Trecho de OLIMPÍADAS RIO 2016 NO RIO DE JANEIRO, A URBE CARIOCA!– 04/08/2016

=&0=&