Mais sobre a questão da drenagem de rios e o saneamento, de Antônio Guedes

Em continuidade ao post “Reparo na canalização do Rio Carioca, no Cosme Velho, causa transtornos ao trânsito” reproduzimos novas imagens e o relato do Engenheiro de Operação Antônio Guedes sobre o ocorrido no bairro, destacando a necessidade de coesão sobre as questões. “O momento é de união”, afirma o autor das imagens. Urbe CaRioca O que aconteceu no Cosme Velho poderia ter sido uma tragédia. Se a galeria do rio Carioca se fechasse após uma tromba d’água, (o trecho) da calçada da Igreja até à praça sumiriam do ar. Os detritos que desceriam pela Rua da Laranjeiras avante provocaria um caos total na Cidade. O buraco aberto para reparos não seria “desse tamanho”, seria muito maior. O rio e as suas galerias têm que ser considerados como um rio vivo ainda. As águas que estão sendo coletadas desde os pés(Leia mais)

Licença de obras: o equilibro entre o ‘liberou geral’ e o excesso de burocracia

*Atualizado no dia 4 de fevereiro de 2021 – 15h Em continuidade aos artigos “Ato do Governo Federal complica a vida urbanística dos 5.570 municípios brasileiros”, de professora e jurista Sonia Rabello e “Quanto mais a gente reza , do doutor em Urbanismo Sérgio Magalhães”, divulgamos a entrevista da qual Magalhães participou, ao lado do presidente do Secovi-SP, Basilio Jafet, nesta quinta-feira, dia 4, na rádio CBN, sobre mudanças na lei para licenciamento de obras a partir de ação do Ministério da Economia. Todo o conteúdo é de relevante interesse para todos que acompanham as questões relativas ao planejamento urbano e ao licenciamento de obras particulares no Rio de Janeiro e no país. Urbe CaRioca * Atualização em 04 de fevereiro de 2021 – 15h: “Ministério da Economia rediscutirá implementação piloto do Licenciamento Urbanístico Integrado” Grupo de trabalho terá 30 dias para(Leia mais)

O MPF e as obras “Pra Olimpíada”

A notícia abaixo foi divulgada no site do Ministério Público Federal nesta sexta-feira, dia 5 de outubro de 2018. Urbe CaRioca MPF questiona Paes, Crivella, Picciani e outras 18 pessoas e entidades sobre irregularidades nas obras das Olimpíadas São mais de R$ 400 milhões bloqueados por irregularidades e cerca de 1,5 mil vícios construtivos O Grupo de Trabalho Olimpíadas da Procuradoria da República no Rio de Janeiro vem requisitando uma série de documentos e informações a todos os órgãos e entidades envolvidas com o legado olímpico. Em setembro de 2018, foram recebidas as últimas informações da Caixa Econômica Federal sobre os termos de transferências de recursos federais para as obras das Olimpíadas. As obras já aconteceram mas os prazos para as prestações de contas e correções de falhas estão vencendo agora. As informações prestadas pela CEF, principalmente sobre os termos(Leia mais)

Praia da Macumba: Audiência? O que é isso?, de Canage Vilhena

  Depois de Praia da Macumba – Em 2006, o aviso de Canagé Vilhena e Praia da Macumba – E a Ressaca levou…, o autor do artigo questiona a decisão do Ministério Público Federal que pretende convocar uma audiência com a prefeitura e o Secretário de Conservação e Meio Ambiente. A seguir, um vídeo do local e os motivos apontados pelo arquiteto.   Urbe CaRioca Postado por Luciano Reis no Youtube em 25/10/2017   Praia da Macumba – Audiência? O que é isso? Há dois anos a Juíza substituta da 22ª Vara Federal do Rio, Caroline Vieira Figueiredo, condenou a Prefeitura do Rio a realizar obras de recuperação ambiental nas praias da Macumba e do Pontal. A decisão foi tomada a partir de uma ação movida pelo Ministério Público Federal, que identificou indícios de irregularidades na execução do PROJETO ECO-ORLA. Segundo(Leia mais)

Praia da Macumba – Em 2006, o aviso de Canagé Vilhena

Nos últimos dias esteve, permanentemente, na grande mídia, o caso da Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, onde a calçada e a ciclovia da orla marítima desabaram em parte, devido à ação do mar. Para Canagé Vilhena não foi surpresa. Na época da execução do projeto chamado Eco Orla o arquiteto considerou inadequada a solução para proteger o local contra a erosão que já o castigava. Os desenhos abaixo foram divulgados em maio/2006.     Em ‘Erosão praia da Macumba – Tragédia anunciada’, o ambientalista Abilio Fernandes diz: “Acredito que a solução mais adequada para recuperar a praia da Macumba seria tentar recuperar ao máximo as suas características geomorfológicas originais, restaurando a faixa de areia e replantando a vegetação nativa”, e acrescenta acreditar que “a solução definitiva, que ataca a causa e não os efeitos da erosão na praia(Leia mais)

BRT TRANSCARIOCA, UM LEGADO PARA QUEM? de Hugo Costa

Transcarioca, Lote 2. Imagem: Google Earth   A via expressa para BRTs Transcarioca já frequentou as páginas deste blog em SEMPRE O GABARITO, 2014, ÁREA DE ESPECIAL INTERESSE URBANÍSTICO A.E.I.U. TRANSCARIOCA – GABARITOS, ETC. e TRANSCARIOCA, BRT, METRÔ E GABARITOS, entre outras postagens com foco na mudança nas leis urbanísticas da região abrangida pela via, com vistas a aumentar o potencial construtivo dos terrenos lindeiros. Neste artigo o geógrafo Hugo Costa, entre outros aspectos, reúne notícias da grande mídia que questionaram o custo da obra e relata as más condições e abandono das áreas atingidas pela avenida (v. imagens), cujo traçado também “utilizou-se de áreas Verdes, praças, quadras de esporte e jardins”. No final do post está o vídeo de reportagem em canal de televisão. Boa leitura. Urbe CaRioca Nota: A Transcarioca abrange os bairros Acari, Barros Filho, Bento Ribeiro, Bonsucesso, Brás de(Leia mais)

MAIS METRÔ – ENTREVISTA ENG. WILLIAM DE AQUINO AO O GLOBO

  Dando continuidade ao tema que ocupou a grande mídia e foi comentado neste blog em três postagens recentes, divulgamos aqui a entrevista do engenheiro William de Aquino, da Associação Nacional de Transportes Públicos-ANTP, concedida ao jornalista Guilherme Ramalho, do jornal O Globo, e publicada nas redes sociais.   Abaixo, o vídeo da entrevista e links para os posts citados.